Publicidade

Estado de Minas ADEUS

O último romântico

Famoso por vestir primeiras-damas americanas e celebridades com modelos clássicos e elegantes, o estilista Oscar de la Renta deixa o mundo fashion órfão de seu talento


postado em 26/10/2014 08:00 / atualizado em 24/10/2014 15:03

A moda perdeu, na última segunda-feira, um de seus maiores ícones. O estilista dominicano Oscar de la Renta morreu aos 82 anos, depois de uma batalha de quase oito anos contra o câncer. O único menino de uma família de sete crianças, de la Renta cresceu cercado por mulheres. Aos 18 anos, mudou-se para a Espanha para estudar pintura. Foi lá que se apaixonou pela moda. Na Europa, teve como mentor o estilista Cristóbal Balenciaga. Em 1963, foi morar nos Estados Unidos e, dois anos depois, abriu sua própria empresa.

O objetivo de Oscar de la Renta sempre foi enaltecer a mulher — nada de vestidos conceituais, a visão do estilista era romântica e clássica, e suas criações, elegantes. Foi com desenhos sóbrios que conquistou a ex-primeira-dama americana Jacqueline Kennedy, que o alçou ao status de celebridade e inaugurou uma tradição. Todas as sucessoras delas usaram criações de Oscar pelo menos uma vez durante os mandatos dos maridos.

Por conta de seus mágicos vestidos, Oscar de la Renta se tornou um dos estilistas preferidos das celebridades para desfilar nos tapetes vermelhos das premiações e nos casamentos. O estilista vestiu das atrizes Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor às jovens Anne Hathaway e Penélope Cruz. Em setembro, apresentou a última de suas coleções na Semana de Moda de Nova York. Apenas uma semana antes de morrer, anunciou Peter Copping, da Nina Ricci, como seu sucessor no comando da Oscar de la Renta, a partir de novembro.

Daqui para frente, o desafio dos estilistas modernos é lembrar o legado do dominicano — a elegância e a promessa de que existe, sim, espaço no mundo de hoje para criações sóbrias e românticas, que vestem todas as idades. E a certeza de que, ainda hoje, as mulheres querem se sentir como princesas.

No Altar

A linha de vestidos de noiva de Oscar de la Renta também é famosa. Várias celebridades escolheram modelos assinados pelo estilista para o grande dia, entre elas a filha do ex-presidente George Bush Jenna Bush e as atrizes Katherine Heigl e Kate Bosworth. A noiva mais recente a usar um vestido da marca — e a ter o próprio Oscar no último ajuste — foi a advogada Amal Alamuddin, em seu casamento com o ator George Clooney.

No tapete vermelho

Os vestidos do estilista estão sempre presentes nos tapetes vermelhos. As atrizes Cameron Diaz, Sarah Jessica Parker e Amy Adams, as cantoras Katy Perry e Rihanna e a apresentadora Oprah Winfrey já atravessaram os principais eventos de moda com as criações de Oscar.

Na Casa Branca

Entre as primeiras-damas clientes de Oscar de la Renta, Nancy Reagan, Hillary Clinton e Laura Bush escolheram modelos do estilista para eventos importantes — as duas últimas inclusive usaram vestidos da marca para o Baile Inaugural, que marca a posse do novo presidente. A atual primeira-dama, Michelle Obama, demorou sete anos para vestir um modelo da marca, depois de ser criticada pelo estilista dominicano por ter usado um suéter em uma visita oficial. No começo deste mês, ela finalmente escolheu um vestido do estilista para participar de um evento da White House Fashion Education Workshop.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade