Publicidade

Estado de Minas

SPFW: retorno à Bienal Internacional agrada marcas e visitantes

O retorno foi em homenagem a Oscar Niemeyer - portanto as curvas e colunas do arquiteto no local receberam uma iluminação diferente


postado em 19/10/2015 18:26 / atualizado em 19/10/2015 20:56

(foto: Zé Takahashi/Fotosite)
(foto: Zé Takahashi/Fotosite)

 

Começou na noite de ontem (18/10) a 40ª edição do São Paulo Fashion Week. Para a abertura do evento, Herchcovitch estreou a passarela com um desfile ousado, com direito a seios femininos à mostra. A semana de moda mais importante do Brasil - que resiste a crises, diferente da que acontecia no Rio de Janeiro até o ano passado - voltou a ocupar a Bienal Internacional de São Paulo.

Leia mais notícias em Brasil

 

(foto: Fotosite)
(foto: Fotosite)

 

O retorno foi em homenagem a Oscar Niemeyer - portanto as curvas e colunas do arquiteto no local receberam uma iluminação diferente - mas foram as marcas que mais se animaram com a mudança, elaborando diversas estratégias de marketing, que, consequentemente, agradaram ainda mais os visitantes.

Enquanto no Parque Villa-Lobos, contava-se apenas com um único restaurante de luxo, agora, estão disponíveis diversos food-trucks e algumas marcas dispõem de estandes que distribuem produtos. No caso da marca Magnum, da Kibon, os picolés são feitos na hora.


Modelo apresentou, nesta terça-feira (19/10), coleção de inverno da Animale para 2016(foto: Nelson Almeida/AFP)
Modelo apresentou, nesta terça-feira (19/10), coleção de inverno da Animale para 2016 (foto: Nelson Almeida/AFP)


O evento conta ainda com as exposições "Fazendo a cabeça" - com trabalhos do stylist e designer Davi Ramos com chapéus e casquetes - e "Do princípio ao fim", em comemoração aos vinte anos do evento.

Modelo da Uma Raquel Davidowicz exibe coleção outono-inverno. Transparência marcou desfiles(foto: Nelson Almeida/AFP)
Modelo da Uma Raquel Davidowicz exibe coleção outono-inverno. Transparência marcou desfiles (foto: Nelson Almeida/AFP)


Até então, Animale e Uma Raquel Davidowicz mantiveram o esquema inverno de cores sóbrias e materiais típicos do frio como o couro. Um dos desfiles mais importantes do dia será em breve, de Ronaldo Fraga, e o dia é encerrado com Lilly Sarti.

Amanhã
10h30 - Vittorino Campos
12h30 - Iódice
16h - GIG Couture
17h - João Pimenta
18h30 - Pat Bo
20h - Ellus

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade