Publicidade

Estado de Minas

Coleções de nove estilistas brilham nas passarelas da Fashion Week

A queridinha da moda Patrícia Bonaldi trouxe a bandeira brasileira para a sua PatBo. O verde e o amarelo apareceram em profusão nas peças bordadas a mão


postado em 27/04/2016 08:06 / atualizado em 27/04/2016 08:23

PatBo: volumes, texturas, cores e estampas em desfile tropical(foto: Marcelo Soubhia/FOTOSITE)
PatBo: volumes, texturas, cores e estampas em desfile tropical (foto: Marcelo Soubhia/FOTOSITE)


As transparências continuaram a fazer sucesso entre os estilistas no segundo dia da São Paulo Fashion Week (SPFW). Foram nove desfiles no total. Entre os mais badalados estavam PatBo, Karl Lagerfeld para Riachuelo, Paula Raia e Juliana Jabour. As plataformas ainda aparecem, mas em menos profusão do que na segunda-feira.

A maquiagem continuou no tom natural, mas ganhou um pouco mais de cor. Desfiles de moda praia trouxeram as maçãs do rosto mais iluminadas e rosadas. O olho marcado apareceu em algumas passarelas, com sombras laranjas e azuis, mas continuou sendo minoria.

Karl Lagerfeld para Riachuelo: couro ecológico foi destaque(foto: Ze Takahashi /FOTOSITE)
Karl Lagerfeld para Riachuelo: couro ecológico foi destaque (foto: Ze Takahashi /FOTOSITE)


O desfile de Paula Raia foi o primeiro do dia. Disputado, ocorre na casa da estilista todo ano e nesta edição teve como tema o tempo. “Vivemos em um imediatismo constante, sempre pensando no que vem em seguida e nunca aproveitando o momento. Precisamos valorizar o agora”, afirma Paula. Segundo a estilista, o maior desafio foi o tempo dispendido na confecção das peças: todas feitas a mão. O linho marca os vestidos, brancos e em tons de areia que trazem a fluidez como marca registrada. Flores e folhas reforçam as referências à natureza em aplicações e bordados.

A coleção de Juliana Jabour, assim como a de Paula, também foi completada com plataformas. Os maxi acessórios ajudavam a compor os looks que mesclavam o romântico e o streetwear. O branco, aliado a cores como rosa chiclete e laranja, marcou as saias evasê esvoaçantes.

A queridinha da moda Patrícia Bonaldi trouxe a bandeira brasileira para a sua PatBo. O verde e o amarelo apareceram em profusão nas peças bordadas a mão. O objetivo da estilista era passar uma mensagem e se posicionar, a coleção foi inspirada no momento pelo qual o país está passando. A natureza e elementos da cultura brasileira surgem como homenagens ao que o Brasil tem de melhor.

Paula Raia: todas as peças foram feitas à mão(foto: Ze Takahashi /FOTOSITE)
Paula Raia: todas as peças foram feitas à mão (foto: Ze Takahashi /FOTOSITE)


A meia pata brilhou nos pés das modelos, com cores vibrantes. O jeans, misturado aos bordados românticos e tradicionais de Patrícia traz, assim como Juliana Jabour, a tendência das ruas: looks sofisticados, com tecidos de alta qualidade, combinados com peças casuais. Volumes, texturas, cores e estampas marcaram o desfile tropical de PatBo.

O último desfile do dia trouxe a top Isabeli Fontana. Karl Lagerfeld para a Riachuelo destoou um pouco do que já foi visto na SPFW. O couro ecológico, cores como vermelho e preto aliadas ao branco e metal mais pesado nos acessórios, chamaram atenção. O diretor criativo da Chanel e da Fendi trouxe humor à coleção. A silhueta de Karl enfeita calças, camisetas e camisas de manga longa. Luvinhas curtas e botas de couro ecológico trazem todo o estilo de Lagerfeld.

Juliana Jabour: mistura entre o romântico e o streetwear(foto: Marcelo Soubhia/FOTOSITE)
Juliana Jabour: mistura entre o romântico e o streetwear (foto: Marcelo Soubhia/FOTOSITE)


O aparecimento discreto do tweed surge como referência aos trabalho de Karl para a Chanel. Calças justas e camisas de alfaiataria também fazem parte das peças que começam a ser vendida na Riachuelo a partir de hoje (27/4).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade