Publicidade

Correio Braziliense

Photo & Grafia: Brincadeira de profissional


postado em 23/10/2016 08:00

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)


Bem longe dos gramados, do sol ou da chuva, o futebol de botão — também conhecido como futebol de mesa — não deixa nada a desejar em emoções se comparado a um jogo tradicional, nos grandes estádios. Treinos, estratégias, jogadas ensaiadas, catimba e muita torcida. Tudo isso faz parte de uma partida.



Na modalidade profissional existem três regras diferentes. Contudo, os botões de acrílico são os mesmos que conhecemos da época de criança, com times e jogadores famosos. Durante uma competição, cada praticante tem sua equipe e, é neste momento, que eles se teletransportam para dentro da mesa e colocam em prática as técnicas e estilos próprios de cada jogador.

Então, não importa a idade. Seja adulto, jovem ou criança, mais importante que competir é reunir amigos e familiares para uma diversão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade