Publicidade

Correio Braziliense FITNESS & NUTRIÇÃO

Pressa também é inimiga de quem busca resultados rápidos nos exercícios

Muito comum quando o verão se aproxima, tentativa de buscar melhoria imediata no físico a qualquer preço pode ter um preço alto. Prudência e ajuda profissional fazem a diferença


postado em 17/12/2017 07:00 / atualizado em 14/12/2017 15:47

Na esperança de alcançar um efeito imediato, o funcionário público Ronaldo Marinho, 31 anos, começou a praticar atividade física intensamente no verão de dois anos atrás. Acreditava que seria fácil atingir a meta de um corpo moldado, na mesma estação. Mas o objetivo lhe custou caro. Após alguns meses, estava com o ombro esquerdo lesionado. E não se livrou do traumatismo, que até hoje precisa ser  tratado.
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
“Ficava ansioso porque queria resultados rápidos. A orientação que recebia nas academias não foi suficiente.”, conta Ronaldo. Por causa da lesão, ele optou por fazer uma atividade funcional. Nos treinos, acompanhado por um profissional especializado, ele observou que os exercícios físicos, indicados corretamente, melhoram a saúde mental, aliviam o estresse e auxiliam no sono, entre outros benefícios.

Ronaldo percebeu também que a qualidade dos resultados exige disciplina e periodicidade adequada. “É fundamental ter paciência, respeitar o corpo e suas limitações. A construção é diária. O funcional é excelente nesse aspecto”, afirma. Além da avaliação correta do movimento, é imprescindível um planejamento, para prevenir as disfunções (transtornos) musculares e articulares, orienta a especialista em exercícios físicos para pessoas com doenças neurodegenerativas Camila Wells.

Mestre em reabilitação pela Universidade de Brasília (UnB), Camila diz que as chances de sofrer disfunções são maiores para quem procura resultados a curto prazo, pula etapas e não busca orientação de um bom profissional. “Sem descanso, os resultados são comprometidos e aumentam a probabilidade de lesão”, alerta. A pressa e o desconhecimento, segundo ela, levam a escolhas erradas quanto a exercícios, intensidade do treinamento, tempo de recuperação entre uma sessão e outra, má execução dos padrões de movimentos.

Outro fator importante destacado por Camila é a alimentação. Para obter resultados estéticos, a dieta é um fator determinante e, por vezes, mais influenciador do que o próprio treino. “É indispensável o acompanhamento de profissionais prudentes da educação física e da nutrição para evitar traumas e lentidão no metabolismo, derivados de escolhas equivocadas.”  

Para Ronaldo, a frequência faz toda a diferença. Quando praticava exercícios físicos somente na temporada de verão, ele percebia que, após ficar um tempo fora das academias, seu condicionamento físico piorava. Hoje, tudo mudou. “Observei que realizando atividade física regularmente, e não só no verão, os resultados se consolidam. Se você suspender por pouco tempo os exercícios, seu corpo continuará no mesmo ritmo”.

Carências

(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O mais importante, de acordo com Camila, é não se esquecer de que cada indivíduo é único e os resultados, também. “A individualidade biológica pode até proporcionar resultados estéticos rápidos para alguns, porém, não para a grande maioria. Isso pode gerar frustração e desmotivação para a continuidade do treinamento. É válido lembrar que não necessariamente esses resultados estéticos rápidos são acompanhados de saúde”, esclarece.

A especialista em Ciência Ortomolecular pela Faculdade UnYLeya Ana Carolina Candia acredita que é possível emagrecer de forma saudável em um curto período. Diretora técnica da Clínica D’ella Candia Medicina Estética e Emagrecimento, ela avalia que os danos surgem a partir da falta de acompanhamento de um profissional qualificado. “O paciente pode sofrer carências nutricionais, desencadeando doenças graves, ou até irreversíveis, por falta de nutrientes, vitaminas, minerais. Além de dependência medicamentosa”, adianta.

Muita gente, diz ela, procura a clínica em busca de uma fórmula mágica. O método de emagrecimento que utiliza, o 5S Slim, baseia-se no apoio multidisciplinar, que envolve educação nutricional, prática de atividade física e uso de suplementação ortomolecular ou essências vibracionais. Quando necessário, são acrescentados o apoio psicológico e o acompanhamento de tratamento estético para auxiliar no resultado final. Tudo para introduzir e motivar a adoção de bons hábitos.

Depois de várias tentativas frustradas de perder e manter peso, a bancária Silvia Cardoso, 43 anos, procurou ajuda profissional. Ela é paciente de Ana Carolina Candia e participa do 5S Slim. “Já emagreci 4kg em três semanas e notei diversas melhoras. Ainda faltam 2kg para meu objetivo final, em pouco mais de um mês de tratamento”, revela.

Os exames semanais de bioimpedância (medem a quantidade de água, gordura e massa magra do corpo)  de Sílvia comprovam o ganho de massa muscular magra em pouco tempo. Ela parou de usar medicamentos para dormir, melhorou a autoestima, não sente mais fraquezas nem dores de cabeça e já consegue praticar atividade física todos os dias.

“Eu não faço dieta. Estou aprendendo a fazer minhas escolhas de acordo com meu dia a dia. Nem parece que estou em um tratamento de emagrecimento”, comemora Sílvia. Mas nem todos têm esse bom senso. É muito comum as pessoas fazerem dieta simplesmente com o intuito de emagrecer, sem mudar a postura, usando até medicamentos para conseguir esse objetivo a curto prazo, alerta Ana Carolina Candia. “Dessa maneira, o emagrecimento é perigoso”, avisa.

Mistura arriscada
Alimentos e medicamentos interagem quimicamente, o que pode ocasionar um excesso ou falta de nutrientes, vitaminas e minerais no organismo. Com isso, o risco de doenças é elevado. E o preço pode ser alto.

Harmonia interior
As essências vibracionais agem para ativar os processos de expansão e transformação da consciência, e restaurar a paz e o equilíbrio das pessoas. Já a suplementação ortomolecular destina-se a repor, por meio de alimentos funcionais e orgânicos, as vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes necessários para corrigir as alterações nutricionais.

Importante lembrar

Existem pessoas magras que têm uma taxa de gordura corporal alta, ou seja, esteticamente estão magras, mas podem ser consideradas obesas.
É fundamental compreender que a atividade física caminha junto com a alimentação: uma complementa a outra, em busca de um corpo saudável.
Não adianta praticar somente exercícios, sem cuidar de ter uma boa alimentação, nem ingerir ou aplicar hormônios. O equilíbrio, saúde e respeito aos limites biológicos são indispensáveis para um bom resultado.
Muitas pessoas, para emagrecer rapidamente, ingerem remédios de pacientes diabéticos ou psiquiátricos para atingir seus objetivos por vaidade e a qualquer custo. Jamais se deve fazer isso.
 

Dicas

Adote a atividade física no seu dia a dia.
Faça exames médicos antes de começa a treinar.
Se é sedentário e quer resultados em um ou dois meses, procure bons profissionais de educação física e nutrição para dar suporte à nova rotina.
Respeite os limites do seu corpo.
Lembre-se de que sua saúde é o seu maior tesouro
Cuide-se bem.

Fonte: Rogério Aviani, técnico de Corrida da Go Run Assessoria Esportiva

 
* Estagiário sob supervisão de Valéria de Velasco, especial para o Correio 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade