Publicidade

Correio Braziliense ENCONTRO COM O CHEF

Serviço de entregas por assinatura chega também à gastronomia

Caixas entregues na casa do cliente levam ingredientes e receita do prato escolhido, além de vídeo ensinando os segredos e manhas do fogão


postado em 28/01/2018 07:00

Se você é daqueles que não sabe fritar nem um ovo, mas adoraria posar de craque das panelas, os chefs André Marques e João Setubal garantem que é possível realizar esse desejo. Em poucos dias, eles lançam no mercado um serviço em que o cliente recebe, em casa, uma caixa com todos os ingredientes para executar um prato superelaborado. E o melhor: com a receita explicando o passo a passo e até um vídeo para que você possa cozinhar ao lado dos profissionais.

O Meu chef box é fruto de um longo trabalho de pesquisa e planejamento dos jovens sócios. A ideia é que qualquer um consiga cozinhar. Basta ter uma panela, um fogão, disposição e uma boa receita, claro, para elaborar uma refeição digna de restaurante. E fazer bonito.

O serviço funcionará em sistema de assinatura — mensal ou semanal. “Preparamos 52 receitas, uma para cada semana do ano. Não repetiremos nenhuma”, garante João. O assinante escolhe o plano. Se for semanal, receberá toda quinta ou sexta-feira a caixa com os ingredientes, já na quantidade e no corte certos, e com o modo de fazer.
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

“Nele, virá um pouco da história do prato, os valores nutricionais e um QR Code para que o cliente baixe o vídeo e possa assistir ao seu preparo”, completa João. Essa opção custa R$ 300. Cada box serve duas pessoas. Se a opção for mensal, o assinante escolhe em qual semana receberá a caixa, e pagará R$ 80 por ela. O box geralmente é formado por uma proteína e um ou dois acompanhamentos.

“No mês, variamos entre carne vermelha, frango, frutos do mar e porco”, explica Fábio, responsável pela criação da maioria dos pratos. “E o cliente ainda pode guardar a receita para, futuramente, arriscar-se a executá-la sozinho.”

Diversidade

Os produtos, garantem, chegam frescos à casa do cliente e podem ser mantidos na geladeira por até quatro dias. “Por isso, optamos que a entrega seja feita na quinta ou sexta-feira, pois permite que o assinante prepare no fim de semana, se preferir”, diz André. “Se ele quiser, pode também congelar para usar em um outro momento.”

Para o cardápio do Meu chef box, André e João pretendem trazer pratos de várias partes do mundo e do Brasil. “A diversidade será grande. Também aproveitaremos nossas viagens para nos aprofundar um pouco mais na cultura gastronômica local”, explica João. O cliente receberá, na segunda-feira, um e-mail com os ingredientes que comporão a caixa da semana. “Não será um box-surpresa.”

Caso o cliente tenha restrição alimentar a algum dos ingredientes oferecidos, os chefs o substituirão, mas sem alterar a receita. “Se for um risoto de camarão e ele for alérgico a frutos do mar, mandaremos uma outra proteína no lugar”, exemplifica André. Para a coluna, eles compartilharam a receita que será enviada no primeiro kit, o chorizo com mix de batatas e rúculas.

Nascido em Niterói, no Rio de janeiro, André Marques, 33 anos, chegou a Brasília em 2007. Aqui, cursou gastronomia e se especializou na profissão que tinha iniciado ainda em terras fluminenses. “Lá, cheguei a trabalhar como cozinheiro, ainda muito jovem.” 
João Setubal (e) e André Marques: parceria(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
João Setubal (e) e André Marques: parceria (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

Na capital, passou pela cozinha de várias casas renomadas e hoje é chef executivo dos restaurantes da Câmara dos Deputados. “Nunca passou pela minha cabeça exercer outra profissão”, diz André. 

Já João Setubal, 29, tinha em casa o exemplo do pai, cozinheiro oficial da família. Quando fez um intercâmbio na Austrália, viu-se obrigado a se virar na cozinha e aproveitou algumas das lições paternas para pôr a mão na massa.

De volta ao Brasil, João concluiu o curso de administração, mas sempre com um olho na gastronomia. Abriu, então, uma empresa de comidas saudáveis, a Easy & Light. “Decidi cursar gastronomia e me formo neste semestre.” Hoje, ele ajuda André na criação dos pratos da nova empreitada.

Unindo a paixão pelas panelas com o empreendedorismo, André e João garantem que pretendem democratizar os hábitos da boa mesa e ensinar um pouco de gastronomia, de box em box.

Chorizo com mix de batatas e rúcula

Ingredientes
400g de bife de chorizo
200g de batata-baroa
200g de batata-doce
200g de batata-asterix
40g de rúcula
10g de sal
5g de pimenta-do-reino moída
50g de creme de leite fresco
30g de mostarda Dijon
50g de manteiga sem sal
2 dentes de alho
30g de azeite

Modo de fazer
Tempere as batatas com sal, pimenta e azeite. Leve ao forno por 10 minutos, mexa após esse tempo e asse por mais 10 minutos.
Em seguida, tempere o chorizo com sal e pimenta-do-reino. Reserve. Esquente a frigideira em fogo alto, coloque a manteiga e o alho inteiro. Em seguida, sele o bife por 3 minutos cada lado.
Retire o chorizo da frigideira e reserve. Na mesma frigideira, com fogo baixo, adicione o creme de leite e a mostarda. Misture bem para que o molho pegue o sabor da carne.
Escolha um prato de sua preferência e é hora de empratar.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade