Publicidade

Correio Braziliense CASA

Penteadeira está inserida da decoração desde o Renascimento

Objeto de desejo pela tradicional função de abrigar produtos de beleza, penteadeira ganha espaço na decoração e pode ser usada em qualquer cômodo


postado em 04/03/2018 07:00 / atualizado em 02/03/2018 16:34

Quarto de casal. Tons neutros e suaves foram a escolha da arquiteta Gislaine Garonce para o quarto de casal. A penteadeira em laca branca tem espelho e divisões para bijuterias e maquiagem. (foto: Clausem Bonifácio/Divulgação)
Quarto de casal. Tons neutros e suaves foram a escolha da arquiteta Gislaine Garonce para o quarto de casal. A penteadeira em laca branca tem espelho e divisões para bijuterias e maquiagem. (foto: Clausem Bonifácio/Divulgação)
Peça que desperta o desejo feminino desde a época do Renascimento — o movimento artístico, cultural e econômico que provocou grandes transformações na Europa e na história da humanidade —, a penteadeira está na moda. A fama de elegância e riqueza do charmoso móvel surgido em torno do século 15 se espalhou com a ajuda de filmes, em que apareciam ostentando uma profusão de perfumes, acessórios, maquiagens e outros produtos de beleza, e das imagens dos luxuosos camarins das grandes estrelas de cinema.
 
A penteadeira está em alta, como nunca, confirma a sócia da Movin Concept Store, Elza Barbosa. São usadas cada vez mais em projetos de decoração. “Existem diversos modelos, mas os clássicos encantam mais as mulheres, pois remetem à ideia de princesas e rainhas.” O ideal, na hora de escolher, é procurar ajuda de um profissional, para contextualizar a melhor opção no ambiente da casa, recomenda Elza.
 
Vintage. O móvel era da avó paterna da arquiteta Gláucia Britto, que mandou restaurar e encerar a penteadeira para decorar um quarto. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Vintage. O móvel era da avó paterna da arquiteta Gláucia Britto, que mandou restaurar e encerar a penteadeira para decorar um quarto. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Utilizado atualmente em diferentes cômodos da casa, o móvel, segundo a arquiteta Gláucia Britto, sempre se destaca na decoração. “É uma peça funcional, com personalidade e charme, por isso pode ser utilizada de várias maneiras e lugares.” A penteadeira, no quarto, pode fazer o papel de criado, miniescritório (para pequenas anotações) ou de espaço para maquiagem. Na sala, pode ser adotada como mesa lateral e bar. No closet, ganha funções como a de guardar acessórios e maquiagem.
 
Espaços pequenos também podem receber esse desejado móvel, garante a arquiteta Gislaine Garonce. Dependendo do espaço, um criado-mudo, por exemplo, pode virar penteadeira. Ela também pode ser acoplada a uma bancada ou até mesmo aos criados-mudos.
 
Infantojuvenil. A penteadeira rosa inspirou a arquiteta Débora Brainer e tem dupla função: é mesa de estudo e guarda produtos de beleza. (foto: Telmo Ximenes/Divulgação )
Infantojuvenil. A penteadeira rosa inspirou a arquiteta Débora Brainer e tem dupla função: é mesa de estudo e guarda produtos de beleza. (foto: Telmo Ximenes/Divulgação )
“Use a imaginação ou contrate um arquiteto para elaborar um projeto de marcenaria que se ajuste à sua casa, ao espaço disponível. A penteadeira é atemporal, ou seja, possivelmente nunca sairá de moda. Vale o investimento”, ressalta Gislaine.

O que há para escolher

Conheça os tipos de penteadeiras que existem no mercado.

Camarim
  • Tem iluminação embutida ou ao redor do espelho. Muito procurada, especialmente por influência de blogueiras de moda, que a elegeram como o lugar favorito para se maquiar.
Moderna
  • Linha reta e um design mais arrojado. As gavetas podem conter divisórias com tecido, acrílico e nichos.
Vintage
  • Lembra o estilo mais clássico e, geralmente, tem espelhos ovais ou arredondados. São encontradas em antiquários. Uma ótima ideia é restaurar aquela que foi da avó.
Provençal
  • Uma proposta romântica. Normalmente tem os acabamentos mais desenhados. A maioria é branca ou de cor clara com pátina — solução perfeita para renovar o ambiente mantendo a pegada vintage. Lembra o estilo da mulher na época do renascimento. Um luxo!
De parede
  • Esse modelo é fixado na parede. Ótima sugestão para quem não tem muito espaço. Além do espelho, ela tem uma bancada com gavetas. Moderna e funcional.

Como combinar

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
É importante observar o tamanho e o estilo de decoração do quarto na hora de escolher a penteadeira. Atentar-se ao design, à função e à cor faz a diferença. A escolha certa depende do gosto pessoal, do estilo, do projeto e do espaço.

Abuse da imaginação

  • Você pode guardar vários objetos na penteadeira, dando-lhe a funcionalidade que desejar.
  • No quarto: bijuterias, maquiagem, acessórios. Tudo aquilo que colocaria no criado. 
  • Na sala: se a usar como bar, pode guardar potes, copos, guardanapos e até talheres.
  • No escritório: vale para bloco de anotações, lápis, canetas, entre outros.
  • Banheiro: maquiagens, produtos de beleza e acessórios, entre outros.

Fonte: Gláucia Britto, arquiteta 
 
(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)


* Estagiária sob supervisão de Valéria de Velasco, especial para o Correio

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade