Publicidade

Correio Braziliense ENCONTRO COM O CHEF

Após vencer câncer, advogada tem doce recomeço ao se descobrir confeiteira

Na virada de vida ao vencer a doença, tributarista encontra o caminho da realização profissional e faz a delícia da clientela, que só cresce


postado em 01/04/2018 07:00

Na virada de vida ao vencer um câncer, advogada tributarista encontra o caminho da realização profissional ao se descobrir confeiteira. E faz a delícia da clientela, que só cresce 
 
Quando chegou em casa, radiante, depois da primeira aula na faculdade de gastronomia, o marido de Renata Diniz olhou para ela e constatou: “Finalmente, estou de novo diante da mulher por quem me apaixonei”. Não era para menos. Renata vinha de momentos difíceis. Tinha acabado de se curar de um câncer e não estava nem um pouco satisfeita com a profissão que exercia havia 10 anos, de advogada tributarista.
 
A brasiliense estava morando em Campinas, no interior de São Paulo, por conta do trabalho. Diante de tantas atribulações, decidiu, para desestressar, aprender a cozinhar. Fez cursos pontuais na área e tomou gosto pela coisa. Resolveu, então, começar a faculdade de gastronomia. “Seis meses depois de ter iniciado o curso, larguei o trabalho. Estava decidida a transformar o meu hobby em profissão.”
 
O ano era 2013 e os pais de Renata acharam uma loucura a filha largar o emprego — na época, os dois filhos da advogada ainda eram pequenos — para embarcar nesse novo universo tão incerto. O marido, porém, ela relembra, deu a força de que tanto precisava. Decisão tomada, a brasiliense se dedicou com afinco aos estudos e logo se encantou pela confeitaria.
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press; )
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press; )
No início de 2016, com o diploma na mão, voltou com a família para a cidade natal disposta a fazer da confeitaria o ganha-pão. “Passei um ano estudando o mercado, pesquisando as carências de Brasília para saber onde e como investir”, conta. Enquanto fazia esse mapeamento, Renata começou a pegar as primeiras encomendas. Os clientes iniciais eram familiares e amigos.
 
Habilidosa, Renata percebeu um importante filão entre as noivas, que estavam à procura de doces mais elaborados e finos. “Sempre fui muito caprichosa. Prezo muito pelo sabor, claro, mas sempre aliado à beleza”, justifica. Assim surgia a confeitaria Renata Diniz, pronta para atender aos gostos mais exigentes. Além de casamentos e outras festas, ela costuma realizar eventos em embaixadas e lugares sofisticados da cidade.
 

Trajetória

Em um primeiro momento, em parceria com uma amiga, a confeiteira alugou um espaço em uma pequena loja de subsolo para servir como cozinha de produção. “Foi mais uma experiência, tanto para mim quanto para a minha amiga. Depois de um tempo, vi que era aquilo mesmo que queria para a minha vida, enquanto ela descobriu que a cozinha não era sua paixão e desistiu.”
 
Com o crescimento do número de clientes, Renata viu a necessidade de ter um espaço maior, em que pudesse atendê-los com conforto. Alugou uma loja na 410 Sul e equipou a cozinha do jeito que queria. “Lá, era apenas um lugar de produção, mas as pessoas chegavam e queriam comer uma fatia de bolo, um doce. Eu acabava dando, porque essa não era a proposta”, diverte-se.
 
Quis o destino que surgisse uma boa oportunidade para Renata abrir um café no Boulevard Shopping. Era o que ela precisava para atender esse público de varejo. A essa altura, Renata estava trabalhando enlouquecidamente. “Tinha semana que eu nem via os meus filhos, pois, além da cozinha, precisava lidar com toda a parte administrativa.”
 
Novamente, acredita, o destino pôs uma amiga disposta a formar sociedade no caminho da confeiteira. “Era o que eu precisava para expandir o negócio. Começamos as obras na loja em agosto do ano passado e a abrimos em janeiro deste ano”, relembra. Renata, então, tomou uma decisão: transferiu a cozinha da 410 Sul para a unidade do shopping. “O problema é que ficamos sem um espaço para receber as noivas.”
 
“Minha sócia, porém, quase por um acaso, esbarrou com uma loja que era perfeita para o que precisávamos.” Há duas semanas, Renata Diniz abriu a sua segunda confeitaria, no Brasil 21. Lá, além de café, há um ambiente para eventos, com capacidade para até 28 pessoas, e um espaço para atender os clientes que querem agendar casamento e outras festas.
 
Renata conta que foram — e ainda são — muitos experimentos até chegar ao cardápio atual. “Nessa brincadeira, cheguei a ganhar 15kg”, recorda-se. “Estava sempre experimentando para chegar ao resultado perfeito. Lembro que, quando desenvolvi a minha receita de brownie, eu e minha assistente comemos um tabuleiro inteiro. Daí vimos que tínhamos chegado ao ponto certo”, diverte-se.
 
Um dos carros-chefes das confeitarias de Renata Diniz são os bolos no copo. Para este domingo de Páscoa, ela adaptou a receita especialmente para os leitores da coluna e pôs o bolo, um red velvet simples, na casca do ovo. Simples e delicioso para um almoço especial.
 
Renata diz que, de tanto fazer experimentos, ela, que sempre foi uma chocólatra assumida, enjoou um pouco de doce. “Tive que fechar a boca, né?” E os 15kg conquistados no início da nova carreira já foram devidamente perdidos.
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press; )
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press; )
 

Bolo na casca do ovo

O ovo
Ingrediente
  • 200g de chocolate branco temperado ou fracionado
 
Modo de fazer
  • Se optar pelo chocolate fracionado, derreta-o no forno de micro-ondas. 
  • Coloque por 30 segundos, tire e mexa. 
  • Ponha novamente por 30 segundos. 
  • Em seguida, coloque na forma de acetato. Deixe descansar por cerca de 20 minutos. 
  • Quando estiver duro, retire da forma.
 
O recheio
Ingredientes
  • 1 lata de leite condensado
  • 1/2 lata de creme de leite
  • 100g de chocolate branco puro
  • 1 fava de baunilha
 
Modo de fazer
  • Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo médio. Mexa bem até dar o ponto de brigadeiro.
 
O bolo
Ingredientes
  • 4 ovos
  • 140g de trigo
  • 75g de açúcar refinado
  • Frutas vermelhas a gosto
  • 1 colher de corante vermelho
Modo de fazer
  • Bata os ovos até ficarem brancos. Quando estiver com bastante volume, acrescente, aos poucos, o açúcar. Sempre batendo.
  • Em seguida, incorpore a farinha de trigo, mexendo com um fouet.
  • Bata as frutas vermelhas no liquidificador e incorpore-as à massa junto com o corante. Mexa bem com o fouet.
  • Coloque em uma forma untada e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 20 a 30 minutos.
 
A montagem
  • Sobre a casca do ovo coloque uma camada do recheio, uma fatia de bolo, outra camada de recheio, até preencher toda a casca.

Serviço 

Casas de chás Renata Diniz Chocolatier
Unidade Boulevard Shopping (Asa Norte)
Aberto de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 12h às 20h.
Telefone: (61) 3032-2787
 
Unidade Brasil 21 (Setor Hoteleiro Sul)
Aberto de segunda sexta-feira, das 9h às 19h.
Telefone: (61) 4141-1143


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade