Publicidade

Correio Braziliense NEURÔNIOS EM DIA

Por que o futebol é o esporte mais popular do mundo?

Estima-se que a final da última Copa do Mundo no Brasil tenha sido assistida por um bilhão de pessoas ao redor do planeta e um quarto dos brasileiros parou para assistir à sua abertura


postado em 20/06/2018 14:28

Foto Oficial da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo da Rússia 2018(foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto Oficial da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo da Rússia 2018 (foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Estima-se que a final da última Copa do Mundo no Brasil tenha sido assistida por um bilhão de pessoas ao redor do planeta e um quarto dos brasileiros parou para assistir à sua abertura.  Poucas coisas no mundo têm esse alcance global e elenco aqui alguns candidatos que podem explicar o sucesso desse esporte.
 
1-Futebol é coisa muito mais antiga que os ingleses.
 
Os ingleses colocaram ordem na casa em 1863, botando no papel as regras, especialmente para diferenciar o futebol de outros esportes parecidos, como o rugby. Nessa época, cerca de um quarto do mundo pertencia à Coroa Britânica e é claro que ela foi a garota-propaganda perfeita para exportar o esporte para os quatro cantos do mundo.
 
Entretanto, temos evidências de que algo muito parecido já acontecia na China nos anos 3000 a.C. Com traves de 10m de altura, esse futebol arcaico também era usado como treinamento militar. A obra mais antiga da civilização Maia, o Popol Vuh, depois de falar que no início era só a água e o céu, logo em seguida a terra e as montanhas, depois vieram os animais, os homens… e a “pelota” já estava lá.  Chutar é algo muito instintivo e acredita-se que a coisa pode ter começado ainda na idade da pedra.
 
2- A simplicidade do futebol facilita muito.
Fácil para qualquer um assistir e entender as regras, fácil de disseminar, fácil de angariar novos adeptos. É um esporte de inclusão, não precisa ser rico, na grama ou na terra.
 
3- Improvisação e presença de espírito são ingredientes que fazem o futebol ser mais atraente que tantos outros esportes.
Balãozinho, meia-lua, bicicleta e, como diz o velho ditado, a vida é como o futebol: cada lance é diferente do outro. Carrinho, canelada, trombadas, gol roubado, evocam nossos sentimentos de raiva e, quando acompanhados de milhares de companheiros torcedores do mesmo time, pode ter efeitos bem amplificados.
 
4- Publicidade hoje ajuda muito, mas ela é só uma das peças de um círculo virtuoso.
É mais atraente e popular e por isso recebe mais investimentos publicitários, que aumentam ainda mais a popularidade.
 
5- A atmosfera das torcidas dá todo o tempero.
Se você já torceu por seu time do coração em um estádio lotado, não preciso nem falar nada. A experiência de sentir um pertencimento a algo maior faz com que nosso cérebro vibre em outra frequência. Viver a mesma emoção de forma sincrônica com 50 mil pessoas não é qualquer coisa!

 
* Dr. Ricardo Teixeira é neurologista e Diretor Clínico do Instituto do Cérebro de Brasília

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade