Publicidade

Correio Braziliense ROTEIRO

Tempo de diversão!

Dicas para as crianças aproveitarem as férias longe das telas e com muita brincadeira


postado em 08/07/2018 07:00 / atualizado em 06/07/2018 10:59

Vívian Fernandes adora ir para colônias de férias para interagir com outras crianças(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Vívian Fernandes adora ir para colônias de férias para interagir com outras crianças (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)

 
Para as crianças, férias é só alegria. Mas, na impossibilidade de viajar, alguns pais se preocupam: o que elas vão fazer com tanto tempo livre? Televisão e internet o dia inteiro? As alternativas vão desde marcar programas em família, incentivar os pequenos a brincar embaixo do prédio, no condomínio, até nas colônias de férias.

A psicopedagoga Ana Regina Caminha Braga, especialista em educação especial e em gestão escolar, ressalta que é importante deixar que as crianças tenham as férias delas. “Tem que ser encontrado o equilíbrio para que façam atividades que contribuam para o desenvolvimento, mas que elas também descansem”, explica.

Para ela, dentro das condições de cada família, é importante a criança sair um pouco do ambiente de casa e brincar ao ar livre. “A gente acha que precisa elaborar muito, mas coisas simples já agradam, como jogar bola. Também existe um movimento interessante de resgatar brincadeiras antigas, como bolinha de gude. As férias são uma boa oportunidade para isso”, recomenda Ana Regina.

Distração

Quanto às tecnologias, o problema está em usá-la como mera distração, sem dar a devida importância ao que a criança está fazendo. “As crianças chegam ao mundo e são apresentadas a uma enxurrada de inversão de valores. Muitos pais e responsáveis acabam deixando os filhos em frente à televisão, ao tablet, ao celular, sem se preocupar com o que está sendo transmitido e acabam usando aquele meio apenas como uma distração”, comenta. Para ela, é importante que as crianças tenham acesso à tecnologia, desde que sejam orientadas.

Em todas as férias que a família não viaja, Vívian Fernandes, 9 anos, frequenta alguma colônia. “Ela ama brincar com outras crianças e eu acho importante para ela socializar e não ficar só em casa, entretida com equipamentos tecnológicos”, explica a mãe, Marysa Fernandes, 47, servidora pública federal.

A primeira opção, normalmente, são as da igreja, mas ela e a mãe também gostam de inovar e procurar algo diferente. “Este ano, escolhemos umas que têm muitas atividades diversificadas, ao ar livre e até esportes no Lago Paranoá.”, conta Marysa. Vívian passará quase todas as tardes de julho, turno em que estaria na escola, no local. Durante a manhã, mãe e filha vão se curtir em casa.

Marysa conta que a opção da colônia de férias se adequa à personalidade da filha mais nova, mas explica que, com o primogênito, de 20 anos, não era assim. Quando pequeno, ele preferia ficar em casa e ela respeitava essa vontade. “Ele era muito tímido, gostava mais de chamar os amigos que já conhecia para ir lá em casa, ir ao cinema”, relembra. 

Para a família toda

Que tal começar o dia com uma corrida de Kart e encerrá-lo patinando no gelo em uma das maiores pistas da América Latina? Para a criançada, as férias não são sinônimo de descanso, mas sim, de muita diversão. E aquela história de que na capital não existe o que fazer não passa de um mito — são programas para todos os gostos, horários e bolsos, dos mais simples aos mais elaborados. O que vale é a animação.


Explore o CCBB
(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
 

Oferece diversas atividades culturais, como exposições de arte, teatro, cinema e eventos de música. O gramado permite que as crianças tenham uma área livre para correr e brincar nos dias de sol, enquanto nos dias frios, ficar dentro das instalações também é diversão garantida.

O local conta com a exposição permanente Casulo, instalada nos jardins, com peças de Darlan Rosa. Nela, as crianças podem se divertir nos brinquedos e no painel Para brincar com os olhos, enquanto os pais aproveitam o momento para relaxar nos bancos-moisés.

Para o mês das férias, o Centro Cultural preparou uma programação especial, que inclui a mostra Monstros no Cinema. De 19 a 29 de julho, haverá atividades no Lugar de Criação do Programa Educativo, com a artista Izabela Nascente, atriz, diretora e bonequeira, e com a coreógrafa e professora de dança Lina Frazão.

Vá ao Cine Drive In

Aproveite que um dos maiores cinemas ao ar livre da América Latina está instalado no centro da cidade e assista a um filme no conforto do carro — esse pode ser um programa diferente para os pequenos, que estão acostumados com a tecnologia dos telões nas salas de cinemas. A programação de filmes muda toda semana, com sessões infantis em determinados horários. Confira em http://cinedrivein.com/.


Relaxe no Pontão do Lago Sul
 
(foto: Pontão/Divulgação)
(foto: Pontão/Divulgação)
 
Além de atrair famílias aos restaurantes e passeios à beira do lago, o Pontão oferece muitas opções de lazer para crianças, como a área livre dos jardins e os diferentes parquinhos de areia. Para a época de férias — e inverno — o local abriga, pelo segundo ano consecutivo, o Brasília Ice Park. A maior pista de patinação ao ar livre do país está por ali. Até 5 de agosto, a turma do inverno, Mina, Tarça e Gelaldo, animarão a garotada. Há diversas atrações, como shows de water screen; peças de teatro infantil; piscina de bolinhas flutuante; arvorismo; everest inflável com túnel escorregador; aventura no lago, uma arena com water balls; espaço kids com brinquedoteca; e infláveis Hophauss. O ingresso custa R$ 10 (meia entrada) e pode ser adquirido no local. Para os shows, os tíquetes podem ser comprados pelo site www.bilheteriadigital.com ou aos sábados, a partir das 18h, na bilheteria do parque. Informações em www.brasiliaicepark.com.br.

Visite o zoológico

Apesar de ser uma atração permanente, a diversão com a criançada está garantida por horas. No local, é possível conferir mais de 200 espécies animais e ainda aproveitar o espaço para o lazer e o esporte. O Zoo funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Os ingressos variam de R$ 5 (meia entrada) a R$ 10 (inteira). Mais informações em www.zoo.df.gov.br.

Corra de kart

Pelas pistas do Parque da Cidade, próximo ao Estacionamento 11, esconde-se o Carrera Kart. O lugar é uma boa opção para quem gosta de misturar velocidade e diversão, com categorias desde infantil (até os 12 anos) até adulta e preços especiais para grupos. As baterias têm duração de 20 minutos, divididas em 5 minutos de tomada de tempo e 15 de corrida. Ao todo são 16 tipos de traçados distintos em circuitos horários e anti-horários. Informações em carrera@carrerakart.com.br.


Aproveite o dia no Parque da Cidade
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 

O parque é uma ótima opção para a prática de esportes, com pistas tanto para caminhadas, patins e skate quanto para ciclismo. Além disso, ali pertinho, em um dos estacionamentos, é possível levar a criançada para brincar no Parque Nicolândia, com atrações para todas as idades. No site (http://www.novanicolandia.com.br/), é possível ver a programação e comprar os ingressos com desconto. Para os que querem curtir o dia gastando pouco, o Parque Ana Lídia é a melhor saída — os pequenos podem brincar com areia, tomar banho de ducha e ainda conhecer o tradicional foguetão. O verde e a sombra das árvores são ótimos para um piquenique.


Conheça o Planetário
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
 

Que tal ver as estrelas em uma cúpula com mais de 12 metros de diâmetro? A projeção no teto encanta qualquer um, não só os pequenos. De terça a sexta-feira, as transmissões ocorrem às 17h30 e às 19h. Já nos fins de semana, começam às 9h30 e vão até as 19h. As sessões têm cerca de 30 minutos de duração. Confira os horários e valores pelo telefone 3224-7970.

Nade em uma piscina de bolinhas

Os shoppings da capital prepararam para o mês das férias um espaço especial com piscinas de bolinhas gigantes. No JK Shopping, a piscina é com o tema da Copa e vai até 15 de julho (R$ 20 por 30 minutos). Outros estabelecimentos, como Pátio Brasil Shopping, Iguatemi Brasília e Taguatinga Shopping, também têm a atrações, então vale conferir.

Reserve um tempo para o teatro

Até agosto, o Teatro dos Bancários recebe o Festival de Múltiplas Linguagens 2018, Palco do Cerrado, com apresentações teatrais e dinâmicas para todas as idades, de quinta a domingo. Os ingressos custam R$ 10 (meia entrada) e são vendidos no local.


Caminhe pela orla da Ponte JK 
 
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 

Na beira do lago, próximo à Ponte JK, o entretenimento da criançada está garantido. O local oferece aluguel de pedalinho, caiaque e pranchas para a prática de stand-up. Quem quer ficar em terra firme pode brincar no parquinho de madeira ou visitar os restaurantes próximos ao local.
 
Pais trabalhando, crianças brincando

Nem todo os pais têm a oportunidade de se divertir com os filhos e organizar mil programações. Nesses casos, o melhor pode ser matricular os filhos em uma colônia de férias. As opções são muitas e cabe à família decidir a mais adequada à personalidades das crianças da casa. Confira algumas:

Aventura resgatada
 
Com 12 modalidades de esporte (tradicionais e radicais), a Kalango Escola de Aventura, local onde crianças passam o contraturno da escola, também lançou uma colônia de férias. O objetivo principal é o desenvolvimento social e psicomotor dos alunos, sem o apelo abusivo da tecnologia. No Clube do Congresso, os pequenos têm aulas de SUP, caiaque, escalada, skate, slackline, parkour, futsal, basquete, vôlei e participam de brincadeiras dentro e fora da piscina.

Eles abusam também das diversões tradicionais, como bet, queimada, pique-pega, bolinha de gude, e conta com aulas de educação ambiental e de culinária mirim. “Nosso objetivo é complementar o aprendizado escolar de maneira lúdica e divertida. A maioria das nossas atividades são ao ar livre e coletivas. Então, nosso foco é a sociabilização das crianças, para um desenvolvimento pleno de suas capacidades”, avalia o educador Vitor Bueno, um dos idealizadores da Kalango.

Serviço
Colônia Kalango Escola de Aventura
De segunda à sexta-feira, das 14h às 18h.
Onde: Clube do Congresso, Lago Norte
Contato: 98211-4943 ou 98338-4943


Trabalhando a criatividade 
 
(foto: Espaço Ninho/Divulgação )
(foto: Espaço Ninho/Divulgação )
Durante todas as semanas do mês de julho, crianças de 6 a 12 anos podem passar as tardes criando. São módulos semanais de atividades para libertar a criatividade da meninada. Entre as atividades, está a confecção da fantasia de um personagem criado por elas. Os pequenos vão costurar peças em tecido, fazer máscaras de papel machê, fazer perucas de linhas e pintar. “Além de despertar a criança para o lado lúdico e criativo da vida, as atividades incentivam a criação manual de objetos, muitas vezes distantes da garotada de hoje, tão fã das telinhas de celulares, computadores e tablets”, explica Nathalia Braga, idealizadora do projeto. Para ela, os trabalhos manuais são importantes porque estimulam áreas diferentes do cérebro e exercitam capacidades fundamentais como a coordenação motora, o aprendizado estético e de funcionamento das cores, entre muitas outras.

Serviço
Espaço Ninho Brasília — Colaboração Criativa
Onde: Cobogó Mercado de Objetos (SCRN 704/705, Bloco E, Lojas 51/56)
Datas: todas as semanas de julho, das 14h às 17h
Telefone: 99342-3939


Despertando o lado fashion
 
(foto: Estúdio Ponto Fashion/Divulgação )
(foto: Estúdio Ponto Fashion/Divulgação )
Com uma programação de cinco dias, a colônia de férias do Estúdio Ponto Fashion tem oficinas criativas de atividades manuais como costuras, customização e criação de acessórios. As crianças, a partir de 4 anos, aprendem sobre todas as áreas da produção de moda, mas o objetivo do curso não é fazer delas uma estilista ou mesmo uma conhecedora profunda da área. “O mais importante é que elas se conheçam, descubram o seu estilo e tenham confiança para se vestirem da maneira que quiserem. É deixar aflorar a personalidade”, afirma Ediene Costa, estilista e proprietária do estúdio.

Além de aprenderem a costurar, os participantes desenvolvem criatividade, disciplina, concentração, autoestima, coordenação motora fina e, sobretudo, percebem a importância de trabalhar em equipe. “Elas se solidarizam diante de uma dificuldade da colega, ajudam umas às outras. Isso é fundamental em uma era cada vez mais individualista”, conta Ediene.

Serviço
Colônia Estúdio Ponto Fashion
Datas: de 9 a 13/7, de 16 a 20/7 e de 23 a 27/7 (segunda a sexta-feira), das 9h às 12h ou de 14h às 17h.
Onde: CLS 406, Bloco D, Loja 15 — Asa Sul
Telefone: 99836-8779

Diversão no condomínio 

Para crianças de 2 a 11 anos, a Invent Kids criou um programa com o diferencial de ser no seu próprio condomínio. Pais interessados na proposta se organizam para reunir entre 10 e 15 crianças e a empresa vai a qualquer bloco residencial, condomínio ou bairro da capital para desenvolver atividades lúdicas e pedagógicas com os pequenos. As crianças participam de oficinas com reutilização de materiais recicláveis, brincam à moda antiga, leem.

Milena Montenegro, fundadora do projeto, foi motivada pela insatisfação com outras colônias de férias: “Não fazia sentido deixar minhas filhas em locais onde pessoas, muitas vezes, inexperientes e impacientes ficavam gritando com as crianças. Elas acabavam voltando para casa estressadas e frustradas”. A equipe conta com educadoras com mais de 15 anos de experiência em sala de aula, pessoas com pós-graduação em educação inclusiva e psicanálise para educação.

Serviço
Invent Kids
Contato: Milena Montenegro 
(98450-2482)


Uma semana fora de casa
 
(foto: Rancho Victory/Divulgação)
(foto: Rancho Victory/Divulgação)
Com hospedagem completa de cinco e oito dias, as crianças podem passar por um “detox digital” na Colônia Rancho Victory, a cerca de 100km da capital, em Alexânia (GO). A proposta segue o padrão dos “summer camps” europeus: em meio à natureza, com amplo espaço verde, piscina, lago e cachoeira, e uma estrutura completa para a recreação, com gincanas, brincadeiras, jantares temáticos, luau com fogueira e violão, show de talentos, oficinas de arte. São mais de 100 mil metros quadrados, com muita área verde e cinco chalés para hospedagem de até 70 crianças e adolescentes, de 6 a 17 anos, por temporada — divididos por sexo e idade. “O que mais se vê, ao fim de cada colônia, é uma choradeira dos amigos que não querem se separar depois dos dias de convívio intenso”, conta Felipe Magioli, diretor do Rancho Victory.

Ele explica que a principal finalidade é proporcionar uma experiência única na vida dos filhos, tirando-os da frente de telas tecnológicas e os incentivando a terem maior independência, longe dos pais, e maior interação interpessoal e com a natureza. Tudo isso com uma programação completa e divertida, que estimula a sociabilidade, a cooperação, a amizade, a solidariedade. Há monitores treinados e experientes. Cada um fica responsável por um grupo de, no máximo, sete “rancheiros”. 

Serviço
Colônia de Férias Rancho Victory
Datas: de 10 a 14/7, de 14 a 21/7 ou de 21 a 28/7
Onde: Alexânia
Telefone: 3366-2109 ou 99204-6270 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade