Publicidade

Correio Braziliense NEURÔNIOS EM DIA

Trabalho em equipe é mais produtivo após uma xícara de café

Estudo comprovou que a cafeína contribui para mais interação entre as pessoas e evita perda de foco em reuniões


postado em 07/08/2018 10:59

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

Pesquisadores da Universidade de Ohio nos EUA demonstraram recentemente que uma equipe de trabalho é mais eficiente quando sob o efeito do café cafeinado. As pessoas interagem mais, dão mais avaliações positivas sobre a participação dos colegas e perdem menos o foco. O estudo foi publicado pela revista Journal of Psychopharmacology.

 

O maior nível de alerta é uma das explicações mais plausíveis para os resultados e talvez outras intervenções que aumentem esse nível de alerta, como exercício físico, tenham o mesmo efeito. Além disso, ao final do estudo, aqueles que tomaram o café cafeinado responderam mais frequentemente que gostariam de voltar a trabalhar com a equipe. São muitos os estudos que já avaliaram os resultados positivos do café sobre o desempenho cognitivo individual, mas esse é o primeiro que estudou os resultados em uma equipe de trabalho.

 

A cafeína se liga a receptores do cérebro chamados de adenosina que promovem uma inibição da atividade cerebral. A substância tem uma ação inibitória nesses receptores de um sistema que é inibitório. Por isso o efeito final é estimulante.  Quando soltamos o efeito do freio de mão, o carro anda mais. Esta é a cafeína.

 

* Dr. Ricardo Teixeira é neurologista e Diretor Clínico do Instituto do Cérebro de Brasília


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade