Publicidade

Correio Braziliense A CASA É SUA

Doce Lar: conheça a casa da Maria Amélia

Detalhista e apaixonada pela história da família, a confeiteira Maria Amélia levou toda a sua personalidade para a confortável moradia em um condomínio


postado em 02/09/2018 08:00 / atualizado em 31/08/2018 18:52


O jardim é a parte favorita da casa(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O jardim é a parte favorita da casa (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
 
Os brasilienses associam o nome Maria Amélia a doces, bolos e tudo relacionado à confeitaria. Dona de uma das maiores fábricas de doces da capital, Maria Amélia recebeu a Revista em sua casa e compartilhou um pouco do seu universo particular.

Há oito anos, ela e a família se mudaram para a casa, em um condomínio perto do Jardim Botânico. “Essa casa estava abandonada havia 14 anos. Quem começou o projeto só fez o esqueleto. Nós compramos o terreno e terminamos a construção”, conta. O imóvel, todo feito em tijolos aparentes, chama a atenção na rua. “No Natal, nós a decoramos toda. Ela é conhecida como a casa do papai Noel!”

Mineira de Bambuí, Maria Amélia prioriza um lar aconchegante, voltado para as origens da família. Toda a decoração conta uma história — seja a cristaleira de 90 anos, herdada da avó, que decora o quarto do casal, sejam as louças e os quadros na sala de estar. A confeiteira é conhecida por colecionar móveis e objetos antigos e dar a eles um novo significado.

 


 
Apaixonada por animais e pela natureza, o jardim é a parte favorita da confeiteira. “Adoro mexer com plantas e com animais. Por isso, gosto muito de passar o tempo aqui.” Ela conta que fez todo o planejamento do jardim com o marido, Ronaldo, e os amigos Robinho Lemos, dono da Nativa Decorações, e Rodrigo Rezende, proprietário da loja Magia das Flores.

Em tons claros e pastéis, a casa é o retrato de quem faz doces todos os dias. Com amor nos detalhes, Maria Amélia construiu um lar acolhedor e confortável. “Todos os domingos, reunimos nosso grupo de amigos. Como vários também são cozinheiros, passamos a tarde cozinhando e conversando. Todos eles gostam muito de vir aqui.” É difícil imaginar alguém que não goste.
 
Ver galeria . 6 Fotos Quarto do Casal:
Quarto do Casal: "Assistimos ao nascer do sol da cama!" (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade