Publicidade

Correio Braziliense CASA

Jardins verticais para sua casa!

Presentes em vários ambientes da CasaCor, os Jardins verticais são uma tendência. Além de lindos, eles deixam o morador em contato com a boa energia do verde


postado em 23/09/2018 08:00 / atualizado em 21/09/2018 16:44


No ambiente Amazônia Vivá, da CasaCor Brasília, a equipe da MAAI Arquitetura encheu as paredes de plantas(foto: Jomar Bragança/Divulgação)
No ambiente Amazônia Vivá, da CasaCor Brasília, a equipe da MAAI Arquitetura encheu as paredes de plantas (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
Nada como se sentir em contato com a natureza mesmo dentro de quatro paredes. Colocar plantas em casa é uma boa forma de fazer isso. Cuidar delas também pode ser uma terapia. Elas decoram, adicionam cor, deixam o ambiente mais agradável e são uma tendência. Umas das formas mais interessantes e diferentes de fazer isso é com o jardim vertical.

Responsável pelo ambiente Varanda da Árvore, na CasaCor deste ano, a arquiteta Carolina Nathair explica que o jardim vertical dentro de casa vem da tendência do urban jungle (floresta urbana). “Com espaços verdes tão limitados na cidade, as pessoas podem colocar um pouco mais de natureza em casa”, afirma.

“A planta é bacana porque traz o aconchego e uma energia diferente para o lar”, afirma a arquiteta Isabel Veiga. Com o ambiente Amazônia Vivá, na CasaCor Brasília deste ano, ela e a equipe da MAAI Arquitetura criaram um ambiente de paredes cheias de plantas.

Em vez das tradicionais trepadeiras para fazer um jardim vertical, eles optaram por jardineiras no chão, o que possibilitou trabalhar com vegetação de porte mais alto. “Trouxemos até algumas espécies da Amazônia para casar com o conceito e a ideia de que as pessoas se sintam na floresta”, conta Isabel.
 
 

Na entrada da mostra CasaCor 2018, plantas na parede já dão uma ideia do que está por vir. O projeto é da designer e arquiteta Angela Feitoza(foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Na entrada da mostra CasaCor 2018, plantas na parede já dão uma ideia do que está por vir. O projeto é da designer e arquiteta Angela Feitoza (foto: Jomar Bragança/Divulgação)

Cuidados

A referência da mostra pode ser usada em casa. No entanto, para garantir luz natural, indispensável às plantas, deve-se usar uma claraboia em cima do jardim. “No caso de uma casa, é possível adequar ao espaço. Em um apartamento, nem sempre dá para trabalhar com planta natural viva, a não ser que seja um local que bata sol, como uma varanda”, explica Isabel.


No ambiente externo, é possível tanto adotar irrigação tradicional, com mangueira, quanto automática. Já em alguns ambientes fechados (com claraboia) ou em varandas de apartamentos, molhar as plantas com mangueira pode se tornar mais complicado e a tecnologia passa a ser solução. “Especialmente em apartamentos ou para o caso de pessoas que não gostam de cuidar de plantas, a irrigação automatizada é ideal”, recomenda  Carolina Nathair.

E está enganado quem acha lindo, mas pensa que a única alternativa seria usar plantas artificiais. Na mostra Mainline deste ano, o arquiteto André Alf fez um jardim vertical enorme com avenca desidratada. “Eu não gosto de usar artificial, e a desidratada tem um aspecto bem natural”, garante. Além disso, é um produto que não necessita de muita manutenção. “É a terceira vez que uso esse painel. A primeira faz dois anos e nunca precisou de manutenção”, garante Alf.
André Alf usou avenca desidratada para montar o painel da mostra Mainline: natural e resistente(foto: André Alf/Divulgação)
André Alf usou avenca desidratada para montar o painel da mostra Mainline: natural e resistente (foto: André Alf/Divulgação)


Correio premia

Pela segunda vez, o Correio Braziliense premiará 10 projetos e arquitetos da mostra. Entre 24 de setembro e 24 de outubro, os leitores poderão votar em seus projetos preferidos da CasaCor Brasília em quatro categorias: meu sonho de sala, meu sonho de cozinha, meu sonho de quarto e meu sonho de banheiro. As outras categorias serão decididas por um júri técnico a ser convidado. São elas: uso de obra de arte, originalidade, melhor uso de luz, melhor paisagismo e o prêmio especial, que avaliará representatividade, inovação e sustentabilidade. A solenidade de premiação será em 25 de outubro.

Carolina Nathair usou a varanda para montar o seu jardim vertical na CasaCor: tendência do urban jungle(foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Carolina Nathair usou a varanda para montar o seu jardim vertical na CasaCor: tendência do urban jungle (foto: Jomar Bragança/Divulgação)

CasaCor Brasília 2018

Visitação: de terça a sexta, das 15h às 22h
Sábado, domingo e feriado, das 12h às 22h
Duração: até 30 de outubro, sendo os dois últimos dias dedicados ao Special Sale da mostra, com descontos de até 60%.
Endereço: Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 1, número 975
Entrada: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade