Publicidade

Correio Braziliense MODA

Versace é vendida para Michael Kors por mais de US$ 2 bilhões

Donatella Versace continua como diretora criativa da grife. Expectativa é que aumente em 50% a quantidade de pontos de venda da marca, com maior presença on-line


postado em 25/09/2018 17:22 / atualizado em 25/09/2018 17:22

(foto: Agência FotoSite )
(foto: Agência FotoSite )

O grupo Michael Kors, dono da marca de mesmo nome e também da Jimmy Choo, anunciou a compra da grife Versace nesta terça-feira (25/9). A grife fundada, em 1978, por Gianni Versace foi vendida por cerca de US$ 2,1 bilhões (o equivalente a R$ 8,68 bilhões). John Idol, CEO da Michael Kors, garante que Donatella Versace segue no comando da diretoria criativa da marca. 

 

Com a compra, o grupo MK muda de nome para Capri Holdings e continua a rivalizar com as grandes Kering e LVMH. O intuito da aquisição da Versace é aumentar em 50% a quantidade de pontos de venda da marca, elevar a presença on-line e focar mais em acessórios, para dobrar o faturamento anual. A expectativa do público quanto ao ocorrido é que a Versace perca a identidade de marca nos próximos anos — o que não ocorreu com a Jimmy Choo pós-compra. 

 

A grife de Donatella apresentou, no último dia 21, a coleção de verão 2019 na semana de moda de Milão. Em comunicado oficial, a estilista declarou: "Se passaram mais de 20 anos desde que assumi a empresa com meu irmão Santo e minha filha Allegra. Estou orgulhosa que a Versace segue forte tanto na moda quanto na cultura moderna."

* Estagiária sob a supervisão de Roberto Fonseca

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade