Publicidade

Correio Braziliense BELEZA

Saiba como se cuidar para o verão

Antes de curtir os dias quentes de verão, é preciso preparar o corpo, a pele e os cabelos para os danos causados por sol, vento e mar


postado em 30/09/2018 08:00 / atualizado em 28/09/2018 13:37

Hugo Melo frequenta o consultório do dermatologista regularmente: procedimentos estéticos e preparação para o futuro(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Hugo Melo frequenta o consultório do dermatologista regularmente: procedimentos estéticos e preparação para o futuro (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Está aberta a contagem regressiva, faltam apenas 81 dias para a chegada do verão. A estação solar é sinônimo de altas temperaturas e, para muitos, viagens relaxantes a praias paradisíacas. Entretanto, para mulheres e homens brasileiros, conhecidos pela vaidade acentuada, essa proximidade vira motivo de preocupação.

O famoso #projetoverão ressurge com força total. As pessoas se preocupam mais com a alimentação, buscam novas dietas e as academias rapidamente começam a encher. Para otimizar os resultados, é interessante aliar o estilo de vida saudável e focado com protocolos estéticos. Esse é o momento ideal para começar a investir em procedimentos não invasivos que podem garantir maior satisfação pessoal com o visual que será exibido em breve nas areias.

Na maioria dos casos, o corpo é o ponto de partida do período de preparação. “O Brasil é um país tropical, onde as pessoas expõem muito o corpo. Então, há uma preocupação constante”, afirma a fisioterapeuta Gislayne Mendoza, proprietária da Clínica Mendoza.

Ela criou um método para atender as maiores demandas pré-verão, perda de medidas e combate à celulite. Segundo Gislayne, o segredo não está em equipamentos de última geração e produtos de beleza. A técnica consiste em um mix de técnicas manuais e aparelhos. São três profissionais atendendo simultaneamente a paciente e oferecendo orientações sobre a quantidade ideal de água a ser ingerida, atividade física e alimentação. O protocolo tem duração de 12 dias.

Entretanto, a profissional defende que não existem milagres. “Se a pessoa não se conscientizar de que alimentação adequada e atividade física devem fazer parte do quotidiano, o resultado do tratamento não alcançará o máximo do potencial.”

Na pele


Ao falar de verão, a primeira preocupação é sempre a pele. A noção sobre a importância do uso do protetor solar já se disseminou, agora os pacientes que procuram o dermatologista Wesley Ferreira, da Clínica Singular, por exemplo, buscam soluções para uma pele mais bonita e procedimentos para realçar a beleza. “O mais importante é se planejar com antecedência para montarmos um protocolo individualizado e completo de acordo com as necessidades de cada paciente”, aconselha.

Wesley ressalta que não é interessante começar um procedimento estético muito próximo da data das férias. Procedimentos como o preenchimento, que está em alta e traz uma maior harmonia ao rosto, necessitam de um tempo de recuperação e de reavaliação.

Para tratar manchas e melasmas, esse momento é ideal, segundo o dermatologista. “Ainda dá tempo de fazer os procedimentos mais agressivos e que exigem que o paciente se esconda do sol por alguns dias.”

Para os adeptos dos peelings, Wesley alerta que também é preciso se programar para realizar esse simples procedimento. “Existem várias profundidades de peeling. Alguns descamam pouco, outros são muito agressivos. É preciso respeitar o tempo de renovação da pele, que é de três semanas”, esclarece. O ideal para obter uma pele mais bonita e viçosa no verão é uma descamação média.

Wesley também gosta de recomendar a seus pacientes o uso de antioxidantes orais durante o período de exposição ao sol intenso. “É mais uma forma de proteção para os pele. Os comprimidos complementam o potencial do protetor solar.”

Há 15 anos, o empresário Hugo Melo, 35, tornou-se um homem vaidoso. Uma mudança significativa, considerando que, durante a adolescência, mesmo com a acne, ele não fazia nada para se cuidar. Depois de algum tempo, percebeu as manchas na pele — consequência do descuido — e procurou um dermatologista pela primeira vez.

A rotina de beleza de Hugo hoje está mais completa. “Eu cuido de mim e da minha pele o ano inteiro”, afirma sem timidez. Atualmente, ele faz luz pulsada no rosto, drenagem linfática e investe, de maneira preventiva, em cuidados capilares. O empresário relata que a genética familiar não é das melhores — o pai dele ficou careca aos 30 anos. “Sei que um dia a minha vez vai chegar, mas quero adiar ao máximo. As evoluções e tecnologias oferecem novas saídas hoje em dia.”

Semanalmente, ele realiza um procedimento chamado mesoterapia capilar para diminuir a queda e estimular o crescimento dos fios, que consiste na aplicação de ativos no couro cabeludo por meio de uma agulha fina.

Além da mesoterapia, Hugo está testando um produto lançado recentemente no mercado. O sanctio é fruto de uma pesquisa realizada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e apresentou bons resultados na fase de testes. O empresário vaidoso adora conhecer novidades e brinca que já se ofereceu para ser cobaia do dermatologista sempre que ele precisar.

Para Hugo Melo, cuidar-se regularmente não é motivo de vergonha. Amigos e familiares até fazem brincadeiras, porém ele não se importa. “Sempre vão existir piadas, mas, se a gente não se amar, quem vai?”, questiona. Além disso, quando os mesmos amigos que acham graça na rotina estética de Hugo percebem os resultados, eles se interessam imediatamente

É preciso cuidar dos fios antes de embarcar na viagem de férias(foto: Divulgação/Sweet Therapy)
É preciso cuidar dos fios antes de embarcar na viagem de férias (foto: Divulgação/Sweet Therapy)
Fios blindados


A terapeuta capilar Cris Mendanha aproveitou a temporada de cuidados para ensinar às clientes a importância de preparar o cabelo para os dias de longa exposição ao sol, mar, piscina, vento e uso de chapéus. “A brasileira não se preocupa em preparar o cabelo para receber o dano. Muitas vezes, elas retornam com os cabelos tão danificados que apenas o corte resolve”, lamenta.

Segundo ela, a maioria das mulheres pintam o cabelo e fazem luzes ou escovas progressivas e viajam em seguida. “Esse cabelo já chegou na praia detonado. Eu vou precisar de 10 a 12 sessões para tentar recuperá-lo. O potencial de resposta é muito menor. Muitas acham caro.”

O programa oferecido por ela reúne — ao longo de quatro sessões — alguns tratamentos que já fazem parte do leque de opções da clínica Sweet Therapy, mas que, combinados, podem ser a salvação dos fios durante as férias. O processo começa com a argiloterapia, que limpa e esfolia o couro cabeludo para receber os ativos que virão na sequência. Depois, realiza-se o corte bordado para retirar a parte oxidada da fibra capilar — pontas duplas e triplas.

Após uma semana, ela fazr uma reposição proteica, cuidar da estrutura interna do cabelo e devolver elasticidade para os fios. “Eu preciso primeiro tratar a parte interna, para depois vir com os cuidados estéticos”, observa Cris. Na terceira semana, a terapeuta capilar trata tanto o couro cabeludo quanto os fios e repõe os sais minerais por meio da máscara de porcelana. Ela é bactericida, fungicida e consegue reter a água na fibra do fio.

Para finalizar a sequência, Cris utiliza o blend de óleos essenciais no couro cabeludo, para estimular a reposição celular, e nos fios, para nutri-los. Outra vantagem, diferentemente do que muitas pessoas pensam, é a diminuição da oleosidade do cabelo. “Estou tentando trabalhar esse conceito de profilaxia, as clientes estão entendendo e adorando.”

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade