Publicidade

Correio Braziliense MODA

Apelo ao meio ambiente e à afetividade resume o segundo dia do SPFW

Entre retornos e estreias, marcas dialogam com propósitos na moda com jeito próprio


postado em 23/10/2018 01:16 / atualizado em 25/10/2018 11:11

Desfile da Osklen(foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
Desfile da Osklen (foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
 
 
São Paulo – Moda e propósito, seja ele ambiental, social ou político, não se separam mais. A indústria do vestir, nos dias de hoje, conversa (quase que obrigatoriamente) com movimentos ativistas e afetivos. Foi este diálogo visto nesta segunda-feira (22/10), segundo dia dos seis que preenchem a semana de moda de São Paulo.

A começar pela Osklen, a marca fez um grito à urgência socioambiental dos oceanos. Adepta ao modelo see now buy now (as peças desfiladas já estão disponíveis em loja), a marca de Oskar Metsavaht usou o universo náutico e o personagem do pescador para ditar ativismo e possíveis tendências – o porta-celular com alça de corda é um exemplo. 
 
A estilista Patricia Viera retornou ao SPFW, depois um intervalo sem participações no evento, com mais capricho e delicadeza. Sua expertise em couro uniu-se ao talento de bordadeiras, que participaram do desfile, no centro da passarela, bordando em tempo real. Um belo retrato de uma moda mais afetiva.
 
Desfile da Patricia Vieira(foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
Desfile da Patricia Vieira (foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
  
 
A recém-lançada Torinno, do estilista Luis Fiod, novata no line-up da semana de moda, estreou uma moda masculina esperta e prática. O utilitarismo militar presente nas parkas, trench coats e nas jaquetas de couro funcionais dialogou com um street style fácil de desejar e de consumir. Também não houve segredos na estética: simplicidade e conforto predominaram na coleção.
 
Desfile da Torinno(foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
Desfile da Torinno (foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
 

João Pimenta finalizou o segundo dia do evento com poesia e sustentabilidade, também. Ao visitar pela primeira vez uma plantação de algodão, o estilista ficou encantado com o material e sua produção. Inspirou-se, portanto, no próprio algodão para desenvolver uma linha colorida, cheia de volume, com um quê romântico. 
 
Desfile de João Pimenta(foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
Desfile de João Pimenta (foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
 

Por trás da beleza


Nos backstages, nada de excessos. Maquiagens e coberturas ultraleves deixaram a pele natural em primeiro plano e os produtos usados, em segundo. Os cabelos apareceram também naturais, em alguns casos frisados propositalmente, para remeter, mais uma vez, à essência do ser. 
 
Beleza de João Pimenta(foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
Beleza de João Pimenta (foto: Agência Fotosite/ Divulgação)
 
 
*Estagiária sob supervisão de Anderson Costolli 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade