Publicidade

Correio Braziliense

Marcas mineiras desfilam propostas modernas para o inverno 2019

Quatro estilistas apresentaram suas coleções na última noite de desfiles do Minas Trend


postado em 31/10/2018 17:43 / atualizado em 31/10/2018 17:57

(foto: Agência Fotosite)
(foto: Agência Fotosite)

 
Belo Horizonte — O segundo e último dia de desfiles do 23º Minas Trend trouxe as tendências do inverno que vieram para ficar. O mood western, destaque nas semanas de moda, permeia as passarelas. Bordados, brilho e paletas de cores mais sóbrias abrilhantaram as quatro coleções apresentadas na última terça-feira (30). 

Degradê boreal
 
Patrícia Motta(foto: Agência Fotosite)
Patrícia Motta (foto: Agência Fotosite)
 

A coleção Paz, de Patrícia Motta, abriu o último dia de desfiles. A inspiração da estilista foi a aurora boreal, representada pelo degradê — característica da beleza única do fenômeno natural. A paleta de cores, composta por tons de verde, azul, cinza, preto e vermelho, agrega às peças a particularidade das luzes dançantes do inverno. O destaque foram as novas personalizações das peças de couro, por Rafael Motta, que escolheu shapes mais estruturados para compor o design de jaquetas e vestidos. 

Western
 
Denise Valadares(foto: Agência Fotosite)
Denise Valadares (foto: Agência Fotosite)
 

Pela primeira vez nas passarelas da semana de moda, Denise Valadares apresentou a coleção Propósito. O mood western e o folk foram destaque e inspiraram os modelos atemporais que a estilista propõe para o próximo inverno. A diversidade de shapes é a aposta para a temporada, com modelagens que variam entre justas, amplas e oversized. A paleta de cores mais sóbria é composta por combinações do preto com branco, grafite, jeans e vinho. 

Lingerie para as ruas
 
Chris Gontijo(foto: Agência Fotosite)
Chris Gontijo (foto: Agência Fotosite)
 

Chris Gontijo deseja inspirar a mulher a levar a sensualidade e o luxo da lingerie para fora de casa, com a coleção Botânica. Estampas exclusivas foram desenvolvidas pela designer Maria Helena Mastrojeni, que combinaram com diferentes tipos de tecido para compor peças versáteis. A customização e originalidade ficaram por conta dos patchs — mariposas, sapos e besouros decoraram as roupas. A cartela de cores varia entre preto, nude, vinho, off-white, branco e grafite. 

Estilo parisiense
 
Letícia Manzan(foto: Agência Fotosite)
Letícia Manzan (foto: Agência Fotosite)
 

Letícia Manzan trouxe Paris para a passarela do Minas Trend, com a coleção Jardin des Tuileries. O famoso jardim nos arredores do Louvre foi representado por combinações descontraídas e ousadas, que seguiram cortes da alfaiataria fora do convencional. O neon trouxe frescor às produções. Brilhos, novas sobreposições e recortes combinados ao bordado, marca registrada da estilista, agregam à proposta mais eclética — tules com texturas e pedrarias convivem com o casual de moletons, nylons e jeans.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade