Publicidade

Correio Braziliense

Iphan emite parecer contra instalação da Estátua da Liberdade da loja Havan

O tamanho da estátua supera em mais de 20 metros o permitido pelo plano diretor de publicidade no Plano Piloto e nas regiões administrativas


postado em 02/11/2018 20:17 / atualizado em 02/11/2018 21:29

(foto: Havan/Divulgação)
(foto: Havan/Divulgação)

 

Com inauguração prevista para este sábado (3/11), a primeira loja Havan em Brasília, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), enfrenta barreiras para instalar sua famosa Estátua da Liberdade, marca registrada da rede. Com 35 metros de altura, a instalação da peça já havia sido barrada pela Administração do Setor de Indústrias e Abastecimento, que ainda consultou Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

Agora, o Iphan emitiu parecer que mantém a decisão da Administração da região de barrar a estátua. A ordem se baseia no decreto nº 29.413/2018, que dispões sobre o plano diretor de de publicidade no Plano Piloto e nas regiões administrativas. Ele limita os projetos à altura de 12 metros, praticamente um terço do tamanho da Estátua da Liberdade da loja.

 

A empresa interpôs recurso na Administração do SIA e espera a resposta. Enquanto isso, a estátua está no estacionamento da loja, no chão. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade