Publicidade

Correio Braziliense BELEZA

Aprenda a fazer as maquiagens dos desfiles da SPFW

Na semana de moda de São Paulo, a make entrou em um processo de transição: sai o mate e entra o iluminado


postado em 04/11/2018 08:00 / atualizado em 01/11/2018 17:45

No desfile da Água de Coco, o beauty artist Daniel Hernandez preferiu uma pele com pequenas correções e luminosidade com corretivos em creme e base fluida.(foto: Marcio Ribeiro/Divulgação)
No desfile da Água de Coco, o beauty artist Daniel Hernandez preferiu uma pele com pequenas correções e luminosidade com corretivos em creme e base fluida. (foto: Marcio Ribeiro/Divulgação)

São Paulo — Em tempos austeros, a solução é brilhar: na pele, nos lábios e nos olhos. O reinado da maquiagem ultrassutil continua, mas nesta última edição da São Paulo Fashion Week, a wellness beauty (beleza do bem-estar) aliou-se ao brilho e à textura naturais do rosto.

 

Marcos Costa, maquiador oficial da Natura, acredita que esta nova temporada virá com uma beleza chique, alegre e fresca. No backstage, ele confirmou que o tempo do brilho definitivamente chegou, mas é necessário cautela. “Para quem mora em lugar quente, é difícil falar em pele brilhante. Mas, pelo menos, dá para diminuir no pó.”

Marcos Costa fez com que o iluminador virasse sombra na beleza do desfile de Lino Villaventura(foto: Rachel Sabino)
Marcos Costa fez com que o iluminador virasse sombra na beleza do desfile de Lino Villaventura (foto: Rachel Sabino)

Os lábios também chegam alegres. Em tons vivos e marcantes, a boca superbrilhosa vem como um truque para quem quer destacar a área. “A vantagem do batom vinil é que ele aumenta o lábio fino”, ensina Costa.

Daniel Hernandez também assinou a beleza da Bobstore. Para um efeito glossy, o maquiador usou uma sombra cremosa e uma camada de gloss transparente por cima.(foto: Carolina Vianna/Fotosite )
Daniel Hernandez também assinou a beleza da Bobstore. Para um efeito glossy, o maquiador usou uma sombra cremosa e uma camada de gloss transparente por cima. (foto: Carolina Vianna/Fotosite )

O olhar também não pode ficar de fora. Os olhos não são contornados nem marcados, mas cobertos por sombras quentes, que dão um ar dramático, aquecendo a produção. Nas pálpebras, o brilho pode vir com aparência molhada, como fez a Bobstore, ou seca, como no desfile de Patrícia Viera.

Max Weber foi o responsável pelo desfile de Patricia Viera. Aqui, Weber abusou dos iluminadores e usou batons glitters como sombra nos olhos.(foto: Marcio Ribeiro/Divulgação)
Max Weber foi o responsável pelo desfile de Patricia Viera. Aqui, Weber abusou dos iluminadores e usou batons glitters como sombra nos olhos. (foto: Marcio Ribeiro/Divulgação)

Para acentuar ainda mais o brilho natural, os iluminadores (cremosos e em pó) são essenciais. Além da aplicação nas têmporas e nas maçãs, é possível usá-los nas pálpebras superiores, onde fazem a vez de sombras. Uma pequena quantidade abaixo das sobrancelhas também acentua e amplia o olhar.

 

Para garantir o brilho, a Revista indica três produtos usados na maquiagem dos desfiles: 

Da esquerda para a direita: iluminador Glow marmorizado, da Natura (R$ 48,90); corretivo de alta cobertura, da linha Aquarela, da Natura (R$ 28,90) e lip glosses, da Vult (R$ 23,90 cada) (foto: Natura e Vult/Divulgação)
Da esquerda para a direita: iluminador Glow marmorizado, da Natura (R$ 48,90); corretivo de alta cobertura, da linha Aquarela, da Natura (R$ 28,90) e lip glosses, da Vult (R$ 23,90 cada) (foto: Natura e Vult/Divulgação)

 

*Estagiária sob supervisão de Sibele Negromonte

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade