Publicidade

Correio Braziliense CASA

As diferentes funções e formas das estantes

Com a popularização dos livros digitais, esse móvel passou a abrigar também outros objetos. Reiventado, tornou-se importante peça decorativa


postado em 02/12/2018 08:00 / atualizado em 07/12/2018 15:47

Estante pequena, ideal para ambientes menores, e decorada com fio de luz(foto: Divulgação/Tok&Stok)
Estante pequena, ideal para ambientes menores, e decorada com fio de luz (foto: Divulgação/Tok&Stok)

 
A primeira aparição registrada de mobílias na história da humanidade foi no norte da Escócia, numa cidade chamada Orkney. Foram encontradas diversas peças similares ao mobiliário atual, inclusive estantes feitas de pedras. Ao longo dos anos, os móveis foram tomando diversas formas, modelos, utilidades e significados.

Na escolha dos móveis, a dica da professora de arquitetura de interiores do Iesb (Instituto de Educação Superior de Brasília) Maria Del’Isola é unir funcionalidade com beleza. As estantes são um ótimo exemplo de que design e utilidade andam juntos. Além de terem uma finalidade na casa — a de colocar livros e objetos de decoração —, podem enfeitá-la.

Ela explica: “É importante entender exatamente qual é a função daquela estante, e então trabalhar jogos de volume, materiais e cores diferentes, brincar com nichos e estantes vazadas. Sempre lembrando que a peça tem que tornar a vida da pessoa mais prática”, aconselha a professora. Mas, sem portas, exigem que os moradores da casa a mantenham sempre organizada.

Os significados das estantes também mudaram, principalmente depois da popularização dos livros digitais. Se antes eram usadas especialmente para guardar as obras de papel, atualmente servem até para fazer a separação sutil entre ambientes, permitindo que eles não fiquem nem totalmente fechados nem totalmente abertos.

A presença de muitos livros deixaria menos espaços livres para se ver o outro lado, e a ideia é, justamente, deixá-los abertos para o outro cômodo. O móvel vazado também é uma tendência mesmo na parede, permitindo que se veja a cor ou a textura dela ao fundo.
 
Estante de ferro e madeira em projeto de Waléria Teixeira(foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Estante de ferro e madeira em projeto de Waléria Teixeira (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade