Publicidade

Correio Braziliense

Desfiles coloridos e animados marcam primeiro dia de Minas Trend

Além dos desfiles, eventos culturais e palestras sobre moda agitaram o pavilhão da Expominas


postado em 10/04/2019 16:55 / atualizado em 10/04/2019 17:10

(foto: Agencia Fotosite/Divulgação)
(foto: Agencia Fotosite/Divulgação)

 

Belo Horizonte - A 24ª edição do Minas Trend começou nesta terça-feira (9 de abri)l, em Belo Horizonte. Com edição criativa do estilista Ronaldo Fraga, o evento, cujo tema é Em dias de sol, promete mostrar as tendências para a primavera/verão 2020.

 

Este ano, o Minas Trend apresentou algumas novidades ao público. Pela primeira vez em 10 anos, o evento teve um desfile coletivo de várias marcas no foyer principal, que era aberto para a população. Palestras sobre moda, comunicação e inovação também são abertas ao público geral. Com foco cultural, o Minas Trend também incluiu apresentações musicais na programação. Outro destaque foi a feirinha Aproxima, com diversos estandes de culinária mineira. O dia encerrou com três desfiles: Fátima Scofield, Trendbijoux by Sindijoias MG e Skazi.

Colorblocking brasileiro

A coleção desfilada pela marca Fátima Scofield trouxe inspirações da Amazônia para o verão 2020. Segundo Daniel Corrêa, estilista da grife, as orquídeas da floresta foram as principais referências. “Pedi uma licença poética para mudar algumas das flores”, comenta, aos risos. “Por exemplo, transformei essa orquídea, que seria branca em colorida.”

O shape dos anos 1950 faz referência ao movimento das flores ao desabrocharem. Vestidos com bolsos, botas até a canela e mix de estampas e cores são outros pontos fortes da coleção. “A brasileira gosta muito de cores, por isso investi nessa paleta”, explica o estilista.

 

 

(foto: Juliana de Souza/Divulgação)
(foto: Juliana de Souza/Divulgação)

Pérolas, metais e madeira

O desfile da Trendbijoux by Sindijoias MG contou com a participação de quatro marcas, coordenadas pelo designer Carlos Penna. Desfilaram na noite de terça as grifes Mariana Amaral, Lázara Design, Atelier Chilaze e Hector Albertazzi.

Segundo Carlos, um dos desafios da curadoria era manter a identidade de cada marca. “Escolhemos peças chaves de cada criador, que representam o estilo da marca”, conta. O figurino era simples, mas sofisticado. Bodies nudes e pretos davam destaque às joias e, ao mesmo tempo, ilustravam um verão chique.

 

(foto: Zé Takahashi/Agencia Fotosite)
(foto: Zé Takahashi/Agencia Fotosite)
 

Cores e fluidez

A Skazi, marca mineira que está no mercado há mais de 20 anos, fez um desfile animado e cheio de looks interessantes. Ao som das músicas mais calorosas da banda Jota Quest, modelos desfilaram looks coloridos e esvoaçantes.

As capas e os casacos longos foram revisitados e apresentados para os dias quentes. Os chapéus de pescador, estilo anos 1990, também marcaram presença. Inspirados na marca francesa Jacquemus, os maxichapéus emocionaram o público, e garantem ser uma tendência forte para o próximo verão.

 

(foto: Agencia Fotosite/Divulgação)
(foto: Agencia Fotosite/Divulgação)
 

 

* Estagiária sob supervisão de Sibele Negromonte 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade