Publicidade

Correio Braziliense

Tendência na decoração, cozinhas coloridas unem modernismo e personalidade

Deixe a monotonia de lado. Use detalhes coloridos na decoração e leve personalidade à cozinha


postado em 19/08/2019 15:11 / atualizado em 19/08/2019 15:11

No projeto de Denise Barreto, para compor a atmosfera contemporânea e elegante, a arquiteta adicionou as paredes o revestimento Spazzolato grafite (Bontempo) combinado ao material em terracota vibra nas gavetas, que deixam o ambiente vivo e sem deixar a sobriedade de lado.(foto: Rômulo Fialdini/Divulgação)
No projeto de Denise Barreto, para compor a atmosfera contemporânea e elegante, a arquiteta adicionou as paredes o revestimento Spazzolato grafite (Bontempo) combinado ao material em terracota vibra nas gavetas, que deixam o ambiente vivo e sem deixar a sobriedade de lado. (foto: Rômulo Fialdini/Divulgação)
Já passou o tempo em que a cozinha era o lugar branco e sem graça da casa. Com novos materiais à disposição — que aliam funcionalidade e design —, o espaço tem ganhado cores e, sobretudo, personalidade.

A arquiteta Denise Barreto tem notando o crescente apelo por cores na cozinha, e atribui essa mudança à ressignificação do ambiente, que deixou de ser um local apenas para cozinhar. “As pessoas criam memórias ali, tem uma questão de afeto. É um local para reunir a família, para confraternizar. Por isso, o desejo de dar vida a esse ambiente, na maioria das vezes, é saciado com cores quentes, que trazem essa sensação de conforto e afago”, explica.

Mas não necessariamente a opção é pelas cores chamativas. Existe hoje no mercado uma gama de tons que pode agradar a todo os tipos de proprietários. Para os mais discretos, azul-petróleo, verde-musgo ou amarelo-claro são os mais recomendados. Nesse momento, é bom ter a ajuda de um profissional na escolha do tom certo para dar a rejuvenescida que o ambiente pede.
 
No projeto de Alessandra Guidoni para o CASA COR Espírito Santo, o rosa pink foi adicionada ao mármore da bancada e também ao revestimento da pia, adicionando personalidade sem deixar de lado a sofisticação.(foto: Alessandra Guidoni/Casa Cor Espirito Santo/Divulgação. )
No projeto de Alessandra Guidoni para o CASA COR Espírito Santo, o rosa pink foi adicionada ao mármore da bancada e também ao revestimento da pia, adicionando personalidade sem deixar de lado a sofisticação. (foto: Alessandra Guidoni/Casa Cor Espirito Santo/Divulgação. )
Os mais receptivos às tonalidades vibrantes também devem ter cautela. O arquiteto Renato Andrade explica que é preciso cuidado para não exagerar. “Quando falamos de cor, independentemente do ambiente, é recomendado o equilíbrio. Está liberado colocar um tom mais chamativo, porém sempre com detalhes em madeira, por exemplo, ou algo que consiga dar um descanso aos olhos para que não pese o ambiente”, orienta.

Para aqueles que ainda têm receio, a aplicação de um revestimento mais trabalhado pode ser um ótimo começo. “Assim, a cozinha terá um toque colorido, só que em um formato mais light. Ainda vai ser uma intervenção de estilo no cômodo, só que sem maiores riscos de não gostar”, explica o arquiteto.

 No projeto do arquiteto Luiz Paulo Andrade os armários em amarelo, combinado aos tons preto, inox e aos detalhes do revestimento de tijolos trazem ao espaço um ar jovem e moderno. O batente em vermelho completa o visual descontraído da cozinha.(foto: Crédito: Andre Toledo Araujo/Divulgação)
No projeto do arquiteto Luiz Paulo Andrade os armários em amarelo, combinado aos tons preto, inox e aos detalhes do revestimento de tijolos trazem ao espaço um ar jovem e moderno. O batente em vermelho completa o visual descontraído da cozinha. (foto: Crédito: Andre Toledo Araujo/Divulgação)
Se a pintura das paredes — que requer tinta epóxi, específica para áreas com umidade — ou a troca de revestimento não forem viáveis para o proprietário, personalizar os móveis pode ser a saída. “É uma intervenção menor e que, em uma situação em que você canse da cor, pode ser facilmente trocada”, ensina Denise Barreto.
 
No projeto da Andrade & Mello, o toque de cor ficou por conta dos azulejos posicionados na parede da pia, que quebram a seriedade dos tons prata, cinza e branco que dominam a decoração do ambiente(foto: Crédito: Luiz Gomes/Divulgação)
No projeto da Andrade & Mello, o toque de cor ficou por conta dos azulejos posicionados na parede da pia, que quebram a seriedade dos tons prata, cinza e branco que dominam a decoração do ambiente (foto: Crédito: Luiz Gomes/Divulgação)


*Estagiária sob supervisão de Sibele Negromonte



 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade