Revista

Identidade marcante

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 05/01/2020 04:08


A Estilo Pool surgiu da união das mentes criativas de filho e mãe. A autenticidade do designer Pedro Paulo Toledo, 27 anos, que teve a ideia de criar uma marca com estampas marcantes e poderosas, juntou-se às habilidades e técnicas da mãe, a costureira Esterlene Toledo, 53. O resultado foi o surgimento de uma marca brasiliense que se destaca com forte identidade.

Tudo contribuiu de forma natural e gradativa para a criação da e-commerce. A paixão de Pedro por shorts estampados e a padronização do mercado fizeram nascer a vontade de ter estampas criadas por ele mesmo ; desejo que a mãe ajudou a concretizar ao confeccionar as primeiras peças.

De início, a produção era pessoal, mas logo amigos e pessoas próximas começaram a elogiar os shorts e, assim, Pedro percebeu que suas estampas não deveriam se manter só com ele, mas, sim, serem compartilhadas com o mundo. Ele também viu que não era só isso, suas ideias iriam muito além de apenas shorts.

Atualmente, a marca trabalha com shorts, sungas, regatas e acessórios, e a excentricidade das peças é, segundo Pedro, o que fez com que a marca, em pouco mais de seis meses, já tenha adquirido uma cara só dela. ;As peças são muito características, tanto que nossos clientes, quando veem na rua, já reconhecem. O que produzimos é muito diferente, as estampas são divertidas, as frases são engraçadas. Eu diria que somos uma marca muito feliz;, conta o designer.

Para o jovem, o tom descontraído das peças também é uma oportunidade de nossos clientes mostrarem personalidade forte por meio de estampas. ;Acreditamos que as roupas que usamos fazem a diferença nos momentos que vivemos. E, para vivermos momentos incríveis, nós proporcionamos looks incríveis;, defende.

Inspiração nas ruas
As inspirações para as estampas são tão simples quanto originais, já que Pedro usa de suas vivências diárias para criar. ;São referências do meio em que eu vivo, frases que escuto de amigos ou até mesmo pessoas aleatórias na rua. Além disso, procuro pegar elementos que estão nas trends, como flamingo, emojis e dar uma nova roupagem, algo mais original. Não é porque trabalhamos com o público adulto que nossas roupas precisam ser sérias;, explica.

Apesar de Brasília não ser uma região litorânea, o designer conta que não teve medo de investir no ramo e garante que a capital tem um bom público. ;Não há mar e areia, mas tem muito forte a questão da pool party, dos clubes e também do Lago Paranoá. E os brasilienses contam com esses lugares como uma forma de lazer. É claro que se minha marca fosse em uma região de litoral, a minha demanda seria maior, mas isso não quer dizer que não haja espaço para esse tipo de negócio aqui;, analisa.

Segundo ele, investir em moda praia no cerrado é saber que existirão alguns desafios que precisam ser contornados ao se investir em diferenciais. ;Quando se abre uma loja nesse ramo, o mais difícil é ter um fluxo contínuo de pessoas que consomem o seu produto durante todo o ano, pois, na época do verão, a quantidade de vendas cresce naturalmente, por isso é preciso se destacar;, afirma.

Mesmo se consolidando como uma marca forte no grupo masculino, LGBT e jovem ; entre 22 e 35 anos ;, a Estilo Pool pretende expandir sua oferta para outros públicos, como o feminino. ;Assim que conseguirmos ganhar mais notoriedade como um referencial da capital, vamos começar a investir em biquínis, maiôs e acessório femininos. A ideia é expandir nossa loja, cada vez mais, para poder oferecer mais produtos e opções aos nossos clientes;, diz.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação