Publicidade

Correio Braziliense BELEZA

Saúde das pernas: Saiba como prevenir a má circulação e o ressecamento

Clima, poluição, raios solares podem deixar essa parte do corpo extremamente seca e nada saudável


postado em 23/01/2020 11:38 / atualizado em 23/01/2020 13:07


O verão chegou com tudo e a preocupação em se manter saudável no calor é cada vez maior. O ruim é quando se tem assaduras, queimação, rachaduras e dores nas pernas. Mas como evitar isso? Para a podóloga Régia de Balduino, formada pelo Centro de Educação Profissional (CEP), “o ideal é esfoliar a cada 15 dias e hidratar as pernas bastante, com cremes ou óleos. Também massageá-las e evitar roupas apertadas — isso fará com que melhore a circulação”, afirma. “Algumas dores muitas vezes são reflexos de uso sapatos muito apertados ou não adequados ou andar errado”, explica.  

Outras dicas: “Beber muito líquido, fazer atividades físicas, como caminhada, andar de bicicleta e pular corda, se tiver apta a esse último exercício”, orienta a podóloga. “O mais importante é o uso do protetor solar também nas pernas e nos pés”, afirma.

Segundo ela, os idosos precisam ter um cuidado redobrado, porque a pele é extremamente sensível. Às vezes, até mais que a de um bebê. “Antes de usar qualquer produto ou receitas aconselhadas por alguém, consulte um profissional.”
Sandra:
Sandra: "É extremamente importante cuidar de si, seja em qualquer estação do ano." (foto: Arquivo pessoal)

A podóloga dá um alerta para quem usa aquelas receitinhas da época da vovó para pegar um bronze, como Coca-Cola com óleo. “Ao usar essas receitas pode assumir um certo risco. Você pode sofrer depois com manchas, câncer de pele, entre outros.”

Sandra Cristina Oliveira, 41 anos, cuida bastante das pernas no verão. “Eu faço hidratação com creme para pele seca, passo esse produto duas vezes ao dia até os pés. Nessa parte, uso o óleo de coco e o de rícino e a botinha de alumínio para potencializar a hidratação”, explica. Além de repor os nutrientes da pele, ela também faz esfoliação e pratica atividade física.

Sandra usa substâncias químicas para descolorir os pelos das pernas, como uma água oxigenada de Vol.10, e isso, aumenta a preocupação a exposição aos raios solares. “Eu passo e deixo agir entre três e quatro minutos. Não vou para o sol, pois pode manchar a minha pele”, conta.

Confira quatro dicas para manter essa região belíssima:


* Hidrate-se: Essa região necessita de uma reposição diária, independentemente, da estação do ano. Aplique um creme logo após o banho! É o momento em que ocorrerá maior penetração do produto na pele, pois o corpo estará úmido ainda. Também aposte em óleos corporais;

* Massageie: comece pelos pés e pela parte anterior das pernas. Assim relaxa as partes que sustentam você o dia inteiro;

* Beba muito líquido: a hidratação não é somente por meio de passar um creminho, mas também bebendo água mineral e sucos. Principalmente no verão, você é mais propenso a se desidratar;

* Faça esfoliação: remove as células mortas e deixando-a com uma aparência bem mais suave e saudável. Além de estimular o metabolismo e melhora circulação sanguínea dessa parte.

Fonte: Natura

Proteja-se

No verão, a preocupação com câncer de pele só aumenta. Em 2016, um estudo feito pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) apontou que 6 milhões de brasileiros adultos não usavam o protetor solar, principalmente, quando se expunham ao sol.

Os tumores malignos cutâneos se dividem em dois tipos: melanoma e não melanoma.
O primeiro é muito agressivo e surge a pinta. O segundo, as pernas é um dos locais mais comuns para aparecer manchas, preferencialmente, em idosos, pois a pele mais sensível.
 
Essa região abaixo dos joelhos, são as zonas mais secas. Além de causarem incômodo pelo aspecto áspero e envelhecido, podem resultar em prurido persistente e até gerar alergias (dermatites). Essas podem ser causadas pelo contato com substâncias irritantes, como sabonete, cremes cosméticos ou componentes da própria roupa. Para isso, o ideal é buscar orientação com um dermatologista para saber qual produto utilizar.

Tenho varizes, e agora?


O médico Mário Marques Vieira, formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, orienta como proteger as pernas. Confira as dicas abaixo:

* Se você tem varizes e foi tratada (seja por esclerose, radiofrequência/laser ou cirurgia) ou se tem alterações mais marcadas, como pigmentação da pele e antecedentes de úlcera venosa, os cuidados devem ser redobrados;

* Tenha atenção ao fazer a atividade física, resguardar-se em locais mais frescos e nos períodos de maior calor, frequente a praia nas alturas de menor intensidade solar e temperatura;

* Passe o protetor solar de grau elevado para evitar pigmentações e refresque constantemente as pernas. Evite se expor ao sol intensamente, pois além de não fazer bem para a pele, diminui a dilatação vascular;

* Banhos frios promovem a contração dos vasos, diminuindo o inchaço e vitalizando a circulação venosa.

* Estagiária sob supervisão de José Carlos Vieira  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade