Publicidade

Correio Braziliense

Mix de estampas é tendência na decoração; aprenda como usar

Composições decorativas com diferentes padrões de estampas são alternativa para quem deseja criar um ambiente moderno sem precisar fazer uma grande reforma


postado em 23/01/2020 11:20 / atualizado em 23/01/2020 11:39

Apesar de estar presente nas almofadas, no tapete e na parede, a combinação de estampas têm o creme como cor em comum, o que traz a mais leveza ao ambiente(foto: Gabriel Fernandes/Divulgação)
Apesar de estar presente nas almofadas, no tapete e na parede, a combinação de estampas têm o creme como cor em comum, o que traz a mais leveza ao ambiente (foto: Gabriel Fernandes/Divulgação)

Mixar estampas é uma ideia simples, mas que pode trazer resultados surpreendentes. Cada vez mais utilizada na decoração, a técnica cria ambientes autênticos e divertidos ao se utilizar da combinação de dois ou mais padrões e pode ser aplicada tanto em objetos e superfícies maiores, a exemplo de sofás e paredes, como em cantos pontuais da casa por meio de quadros, almofadas e vasos.

Esse composé de estampas pode ser usado nos mais diversos ambientes, de escritórios a banheiros, porém é importante existir um critério de ambientação ao pensar nos cômodos onde será aplicado. “Esse mix sugere um estilo mais arrojado. Então é recomendado para locais onde se necessita de serenidade ou sensação de calmaria como hospitais, por exemplo”, recomenda o arquiteto Pedro Henrique Ferreira, da PHF Arquitetura.

Por trazer personalidade, essa combinação também é uma alternativa para quem quer dar um ar moderno aos ambientes sem necessariamente precisar fazer grandes obras, já que nesse tipo de intervenção as mudanças são pontuais.

“Almofadas, luminárias, tapetes, quadros e vasos são exemplos de objetos pequenos que podem compor esse ambiente e transformar a cara do cômodo. Elementos lisos, mas que possuem texturas que formam desenhos também podem ser considerados ao formar o mix”, garante a designer Andrea Maizza Lopes, do Estúdio DMAIZ.

Estratégia eficiente para quebrar a monotonia da decoração, o mix de estampas precisar ser pensado com cuidado e tendo o equilíbrio como regra para que o ambiente não se torne pesado, exagerado ou até mesmo passe a ideia de estar fora de contexto.

 

No ambiente projetado por Pedro Henrique Ferreira, o mix de estampas se apresenta de maneira mais clean ao combinar a elegância do mármore branco como a textura geométrica e dourado na parede. (foto: Gabriel Fernandes/Divulgacao)
No ambiente projetado por Pedro Henrique Ferreira, o mix de estampas se apresenta de maneira mais clean ao combinar a elegância do mármore branco como a textura geométrica e dourado na parede. (foto: Gabriel Fernandes/Divulgacao)


“É importante que as estampas conversem entre si, ou seja, tenho algo em comum. Esse elemento pode ser, por exemplo, o mesmo conjunto de cores ou bases parecidas. Em caso de tonalidades diferentes, é interessante pensar em tons complementares ou cores que harmonizam entre si. Usar o círculo cromático pode ajudar nesse momento”, aponta o arquiteto Pedro Henrique.

Esse alinhamento de cores fundamental para tornar o ambiente mais harmônico e agradável, pois algumas cores tendem a conflitar, alerta o profissional. Outra estratégia é fazer o contraponto dos padrões.

Ao optar por uma estampa mais chamativa ou de desenhos grandes, a segunda deve ser mais delicada e de desenhos menores. Combinar um objeto de cor lisa, mas de textura aparente, com um de estampa mais chamativa funciona da mesma forma.

Detalhes

Para os mais inseguros ou quem simplesmente não quer ousar muito na hora de combinar, trabalhar mix mais clássicos é a solução que apresenta maior equilíbrio e leveza. “Padrões listrado junto a estampas florais nunca dão errado, o mesmo vale se a segunda estampa for um poá. Por serem desenhos atemporais, as criações se tornam mais intuitivas e fáceis de balancear”, garante a designer.

Mesmo sendo caracteristicamente mais sóbrios, decorações clean e minimalistas podem se utilizar do mix de estampas. Para isso o arquiteto Pedro Henrique recomenda pensar ambientes mais limpos e que misturem as estampas de forma mais sutil. Por exemplo: trabalhar com um papel de parede neutro e almofadas neutras, porém com estampas ou texturas diferentes.

 

Nesse projeto, as estampas em tons terrosos e quentes criam um ar mais despojado. As almofadas completam o visual como um toque de modernidade. (foto: Gabriel Fernandes/Divulgacao)
Nesse projeto, as estampas em tons terrosos e quentes criam um ar mais despojado. As almofadas completam o visual como um toque de modernidade. (foto: Gabriel Fernandes/Divulgacao)

O mesmo vale para os tapetes, que são tendência forte na decoração e podem, inclusive, ser usados em sobreposição de dois materiais diferentes.

O padrão de estampas também pode mudar a percepção visual. Enquanto estampas listradas aplicadas de forma horizontal podem conceder maior amplitude ao ambiente, o uso na vertical traz sensação de um pé direito mais alto e paredes maiores. “Da mesma forma, estampas florais menores trazem a ideia de delicadeza e os maiores o ar mais moderno. Cada estampa tem uma característica, um diferencial e um efeito, basta analisar qual é o desejado no ambiente”, garante Andrea Maizza Lopes.

 

* Estagiária sob supervisão de José Carlos Vieira

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade