Publicidade

Correio Braziliense ENCONTRO COM O CHEF

Delivery: comida indiana faz sucesso na capital

O dom é a herança da família. Desde os 14 anos, a gastronomia virou profissão. Com pratos marcados pelo sabor picante, o chef enfrenta a pandemia com esperança


postado em 29/04/2020 11:40 / atualizado em 28/04/2020 16:57

(foto: Renata Rusky/CB/D.A Press)
(foto: Renata Rusky/CB/D.A Press)


A Índia em Brasília

Aberto em janeiro, poucos meses antes da pandemia de coronavírus provocar o fechamento de todo o comércio, o restaurante Sandhu Indian, como muitos outros, passou a viver do sistema delivery. Com um cardápio extenso composto por dezessete entradas — das quais eu recomendo, em especial, as tradicionais samosas, que podem ser recheadas de frango ou de vegetais — e quase 40 pratos principais.

A quantidade de opções vegetarianas é bem equilibrada em relação aos pratos com frango, carneiro e frutos do mar. E o tempero indiano é marcante em tudo. O negócio é familiar. Os proprietários são Saraj Singh Sandhu e a esposa, Mandeep Kaur Sandhu; e os chefs são o irmão dele Tharanjeet Singh e o amigo Suraj Ramesh Mhatre.

Apesar da crise, Suraj afirma que não passa as noites em claro e mantém o sorriso no rosto. Acredita, ainda, que o isolamento total é, de fato, uma forma de salvar vidas. “A economia, a gente recupera”, opina. Não é a primeira vez que passa por um momento difícil. Antes de se mudar para Brasília, onde o irmão já estava, morava na Venezuela. “Eu gosto de viajar, conhecer outros lugares, abrir negócios”, conta. Lá, também tinha um restaurante, no entanto, após alguns anos, a situação ficou insustentável, e ele perdeu tudo.

A família dele continua na Índia, já a da Mandeep está espalhada entre Inglaterra, Canadá e outros países. Quando chegaram aqui, em 2014, conta, só tinha R$ 100 na carteira. Foi morar em Samambaia e começou a vender tesouras para cortar cabelo. “Eu andava mais de 10km todos os dias”, relembra. Conheceu Ceilândia Sul e Norte, Santa Maria, Riacho Fundo. Arrisco dizer que, trabalhando, conheceu a capital melhor que muito brasiliense.

Quando abriu o restaurante, logo chamou o chef Suraj. É ele quem comanda a cozinha. No Brasil há cerca de quatro meses, para falar com ele é preciso recorrer ao inglês. A princípio, ele veio sem muita pretensão de ficar, mas ficou satisfeito com o que encontrou por aqui.

O dom para a cozinha é de família. O pai de Suraj também era chef e toda a iniciação dele no mundo da gastronomia foi feita pelo patriarca. Há 14 anos, Suraj passou a levar o cozinhar como profissão. Ele conta que, além da culinária indiana, também faz chinesa e italiana. “Na indiana, a característica principal é a pimenta — sempre perguntamos aos clientes se querem com mais ou com menos — e temperos tradicionais indianos como páprica, curry, açafrão, cúrcuma, gengibre”, cita. Para ele, é importante ser criativo e valorizar a versatilidade dos ingredientes: “Com uma couve-flor, dá pra fazer vários pratos diferentes”.

Serviço

Sandhu Indian Restaurante & Bar
CLS 303 bloco D loja 35
Disponível no iFood com entrega por R$ 3,99

Kadai chicken

(foto: Sandhu Indian Restaurante & Bar/Divulgação)
(foto: Sandhu Indian Restaurante & Bar/Divulgação)

*  Uma colher de sopa em uma panela kadhai ou uma wok;
*  Quando ele ficar quente, acrescente ¾ de uma xícara de pimentão em cubos e ½ de cebola em cubos;
*  Refogue por dois minutos em fogo alto;
*  Quando começar a cheirar bem, retire e reserve em um prato;
*  Adicione mais uma colher de sopa de óleo à panela e coloque 1 chilli quebrado e meia colher de sopa de cominho;
*  Refogue até que o cominho comece a crepitar;
*  Acrescente meia xícara de cebola bem cortadas  e refogue até ficar dourada;
*  Adicione duas colheres de sopa de pasta de alho e refogue até cheirar bem. Cuidado para não queimar!;
*  Acrescente o frango e frite por cerca de 3 ou 4 minutos;
*  Feche a panela e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos;
*  Acrescente, então, kadai masala, açafrão e de ¼ a ½ colher de chá de chilli em pó (opcional);
*  Misture e deixe cozinhar por mais 2 ou 3 minutos;
*  Coloque molho de tomate, pasta de castanha de caju e sal;
*  Misture e cozinhe até o cheiro de tomate ir embora;
*  Feche e deixe cozinhar até o frango ficar levemente cozido;
*  Acrescente o pimentão e a cebola reservada e misture por mais cerca de 2 minutos;
*  Cozinhe até o molho ficar na consistência que você deseja;
*  Se usar creme de leite, coloque o creme em um bowl, acrescente uma parte do molho, misture e só depois coloque na panela.
*  Cuidado para não cozinhar demais. A cebola e o pimentão devem ficar crocantes;
*  Acrescente feno-grego (kasuri Nathi) macerado e folhas de coentro, misture e deixe cozinhar por mais 2 minutos;
*  Sirva com arroz ou roti (pão indiano).



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade