Publicidade

Correio Braziliense

Pisos e revestimentos criativos dão personalidade ao lar

Pisos decorativos podem ser uma ótima escolha para pessoas que querem personalidade e frescor


postado em 05/06/2020 09:00 / atualizado em 01/06/2020 19:13

O piso fica com aparência mais descontraída e pode combinar com as cores do ambiente(foto: Arquivo Pessoal )
O piso fica com aparência mais descontraída e pode combinar com as cores do ambiente (foto: Arquivo Pessoal )

Para quem deseja mudar a aparência da casa, os pisos decorativos podem ser uma ótima opção. Em geral, são usados para demarcar algum ambiente ou criar um tapete. “É necessário observar a cor e o desenho para que estejam em conexão com o restante do cômodo. O ideal é pensar sobre o material, não só para ficar bonito na casa, mas para ser bastante funcional”, diz a arquiteta Pati Cillo. 

Ela explica que há pontos para se analisar, como o tipo de material do piso, pois há específicos para áreas externas e internas. “Além da cor, deve-se pensar sobre o acabamento e se é um local de grande movimentação. E, se esse piso for claro, necessitará de  maior manutenção. Se é uma área externa e você coloca um piso liso, é essencial refletir sobre a segurança das pessoas que vão circular ali”, aconselha a graduada em arquitetura e urbanismo pela Universidade São Judas.

No geral, os revestimentos de piso são mais resistentes que os de parede. Mas é necessário usar produtos de limpeza diferentes para cada tipo. “Cerâmicas e porcelanatos, geralmente, são de fácil manutenção, apenas pano úmido resolve”, explica.

Há uma enorme variedade de pisos decorativos no mercado, em materiais e diferentes formatos. “Eles dão muita personalidade aos ambientes. A dica também é observar “onde” será instalado, se é no banheiro ou na cozinha (áreas molhadas) ou ambientes sociais”, diz a arquiteta Karina Korn. Cada material se comporta de uma maneira — é necessário avaliar esse ponto. “A consulta ao fabricante é imprescindível para ter uma ótima escolha”, orienta a graduada pela Universidade Mackenzie.

A preocupação de alguns clientes é com a higienização do local e como manter o piso sem manchas. A dica da arquiteta para fazer a faxina é usar produtos de limpeza específicos. “Na dúvida, passe um pano quase seco e, no máximo, um com sabão neutro para não estragar o revestimento”, ensina Karina. Para os ladrilhos hidráulicos, “pode usar uma resina, que deve ser aplicada após a instalação, e depois, ser reaplicada de tempos em tempos, para garantir a durabilidade.”


Você sabia?


Quando é aplicado um único revestimento em todas as faces de um mesmo ambiente (parede, piso e teto) essa decoração é chamada de ‘efeito caixa’.
 
Fonte: Castelli Porcelanato, produtora de porcelanatos e revestimentos.

Escolha um piso decorado sem cometer erros
 
1 - Avalie o gosto e a necessidade de quem utilizará o espaço (se você tem filhos pequenos ou animais de estimação, por exemplo, o melhor piso para sala é aquele que não é muito escorregadio, que deixa o caminhar mais fácil).

2 - Verifique onde será usado.

3 - Pesquise as opções e os custos. Escolha o que mais agrada e atende às necessidades (não o que está na moda).

4 - Prestar atenção na escala de cores: caso, realmente, seja difícil pensar nas cores, tente escolher um piso que tenha cores neutras. Em geral, tons claros de madeira conseguem combinar melhor com a maioria das decorações.

5 - Informe-se sobre como fazer a manutenção.

Fontes:  Duratex, produtora de painéis de madeira e arquiteta Karina Korn.
 
 
*Estagiária sob supervisão de Taís Braga

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade