Revista

Particularidade feminina

Saiba por que as mulheres costumam apresentar mais problemas intestinais do que os homens, especialmente durante o período menstrual

postado em 12/07/2020 04:22
Uma das principais queixas das mulheres no período menstrual, além de cólica, é a manifestação de problemas intestinais. Estima-se que um terço delas tenha constipação ou diarreia ; a perturbação mais frequente. E há uma explicação científica para isso. ;Na segunda fase do ciclo, ocorre aumento da progesterona. Esse hormônio faz com que o trânsito intestinal fique mais lento, por consequência, a mulher pode ter constipação durante a tensão pré-menstrual (TPM) ou até na menstruação;, explica a ginecologista Elisabete Ostrowski.

O problema pode se inverter, de acordo com a médica, quando começa o ciclo menstrual. Nessa fase, há uma alteração no nível de prostaglandina. ;Essa enzima induz a contração dos músculos do útero, o que pode causar diarreia e dores abdominais;, observa a especialista em endoscopia ginecológica pelo Hospital Materno-Infantil de Brasília.

Ela alerta, porém, que é necessário atenção especial, sobretudo, se há dor para evacuar ou urinar, além de sangue nas fezes. ;Essas situações podem estar associadas a alguma patologia, como a endometriose. Ao perceber os sintomas, consulte um ginecologista;, orienta.

Elisabete Ostrowski dá sugestões para melhorar o desconforto. ;O ideal é praticar exercícios físicos pelo menos três vezes na semana, beber mais de dois litros de água por dia e ter uma boa alimentação;, diz.

Fora do ciclo menstrual, também, pode ocorrer constipação ou diarreia. Mas é preciso atenção, pois esses problemas intestinais podem estar associados a alguma patologia. ;As mulheres são mais sugestivas a terem Síndrome do Intestino Irritável (SII), doença de Cron, Retocolite Ulcerativa e endometriose;, observa o gastroenterologista e endoscopista Bruno Queiroz Sande.

Ele explica o motivo de as mulheres terem mais doenças gástricas. ;Tanto pela questão anatômica do próprio intestino quanto pelas alterações hormonais e pelos fatores irritativo da mucosa;, explica. Segundo o médico, aos primeiros sintomas, é aconselhável ir ao médico. ;Tanto a diarreia quanto a constipação estão relacionadas a intolerâncias, como ao glúten;, diz.

O médico também dá dicas de como diminuir os problemas gástricos, como a gastrite e o refluxo. ;O ideal é evitar o consumo de refrigerante, bebidas alcoólicas, alimentos processados e com muitos conservantes, pois eles podem irritar ainda mais a mucosa;, explica. E dá outra dica preciosa: ;Depois de uma refeição muito farta, principalmente à noite, não se deite;.

*Estagiária sob a supervisão de Sibele Negromonte

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação