Revista

Atitudes expostas pela pandemia

postado em 12/07/2020 04:23

Nada como uma situação extrema para trazer à tona verdades sobre nós mesmos. Na hora em que o bicho pega, damos sinais muito claros do nível de lucidez que conseguimos sustentar. Enquanto alguns conseguem manter uma conduta lúcida mesmo diante de um ataque inesperado, outros se desestabilizam completamente e mostram que são capazes de atos absolutamente dispensáveis.

Ultimamente, temos tido exemplos claros, tanto de pessoas capazes de superar todas as expectativas e usar sua inteligência, energia e dedicação na construção de soluções magníficas, quanto de pessoas agindo de forma egoísta, inconsequente e até desonesta.

Parece incrível que mesmo no meio dessa pandemia da covid-19 tem gente que encontrou uma forma de enganar, roubar ou que, simplesmente, continua dando um jeitinho brasileiro para burlar regras da convivência social responsável e se safar.

Você já viu algum exemplo desde que começou o isolamento social?

Os noticiários têm mostrado todo tipo de golpe, que vem acontecendo. Com a nova necessidade de usar a internet para fazer compras, surgiram inúmeros sites fantasmas que vendem, recebem o pagamento, mas nunca entregam as mercadorias; ou pessoas sem noção que lotam bares e espaços públicos sem se incomodar com a possibilidade de o vírus se propagar e chegar aos mais frágeis, causando sofrimento e morte. Teve até festinha de grã-fino com testes disponíveis na porta... Mas quem garante que aqueles testes não podem, também, não passar de farsas vindas de laboratórios clandestinos.

Não dá para acreditar que alguém seja capaz de fazer coisas assim, mas é o que mais está acontecendo.

Por outro lado, profissionais da saúde e pesquisadores estão trabalhando incansavelmente para cuidar dos doentes e produzir remédios, vacinas e soluções eficazes na luta contra o vírus. Algumas são surpreendestes, como a dos pesquisadores da UFSCar, em São Carlos (SP), que conseguiram criar um tecido formado por nanopartículas de prata e sílica capaz de eliminar o novo coronavírus em dois minutos. A descoberta já está sendo utilizada para a fabricação de roupas e, em especial, jalecos para profissionais da saúde.

Parece-me que estamos diante de um momento propício para observar que tipo de conduta estamos escolhendo e não poupar esforços para transformar as que precisam ser superadas por outras que possam ser respeitadas, admiradas e copiadas.

Bom domingo!

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação