Revista

Um lugar para os vinhos

As adegas podem ocupar tanto ambientes inteiros do lar ou apenas um móvel. Em qualquer uma das opções, é preciso ficar atento a algumas particularidades

Ailim Cabral
postado em 14/07/2020 08:00
 (foto: Submarino/Divulgação. Brasil. Brasília - DF. Revista - 12/07. Decoração - Adegas. Adega 8 garrafas ACS08 Electrolux.)
(foto: Submarino/Divulgação. Brasil. Brasília - DF. Revista - 12/07. Decoração - Adegas. Adega 8 garrafas ACS08 Electrolux.)

Nesse espaço, a iluminação e a climatização do ambiente foram planejadas para permitir que toda a parede de vergalhões abrigue a adega. Além do tamanho, que contempla diversas garrafas, a adega se torna parte da decoração. Projeto de Roberto Carril

O isolamento social inspirou muita gente a cuidar melhor da casa. Além de lar, ela se tornou escritório, academia, horta, jardim, espaço de lazer, e isso resulta em novos investimentos. Um item que pode ser charmoso na decoração, deixando o ambiente sofisticado ou despojado, é a adega ; que, ainda, tem o poder de tornar os momentos de diversão mais prazerosos.

Ela pode ser um ambiente, construída embaixo de escadas ou em cantinhos esquecidos, ou um móvel, podendo ser colocada no local que mais agrade ao dono da casa. O arquiteto Roberto Carril explica que a adega integrada ao ambiente confere praticidade e sofisticação, além de um charme especial. Já o modelo móvel brinda o espaço com versatilidade e conforto.

Roberto conta que, na hora de escolher entre as alternativas, não enxerga desvantagens. As únicas coisas que devem ser consideradas são as particularidades de cada ambiente ; incidência do sol e de luz no local, detalhes técnicos referentes aos aparelhos, localização de tomadas e tamanho da adega versus espaço disponível.
O ambiente debaixo da escada ganhou um charme a mais com o pequeno bar e uma adega portátil. No local, com baixa incidência de luz, a adega se encaixa perfeitamente. O projeto é de Carina Dal Fabbro Arquitetura

Colecionadores

A arquiteta Carina Dal Fabbro ressalta o espaço disponível e até o gosto dos moradores pela bebida como fatores determinantes na hora da decisão. ;Para os enófilos, as adegas são indispensáveis na hora de armazenar e manter os rótulos com as temperaturas ideais;, afirma.

Dessa forma, até mesmo o tipo de bebida preferida do morador e o tamanho da coleção existente ou pretendida se tornam importantes. Adegas integradas demandam mais investimento e espaço, sendo indicadas para colecionadores mais apaixonados e dedicados.

Já as adegas portáteis podem ser inseridas como parte do mobiliário e dispostas em diversos ambientes da casa, desde que o espaço não receba luz direta do sol e não seja extremamente quente, o que pode comprometer a qualidade dos vinhos. ;As principais vantagens são a versatilidade, a praticidade e a diversidade de modelos e designs;, afirma Roberto sobre as adegas portáteis.

O profissional indica ainda que os ambientes nos quais a adega se encaixa com mais harmonia costumam ser a dos espaços gourmets em geral, como salas de estar, churrasqueira, cozinha e copa.

Adega para oito garrafas ACS08 Electrolux, no Submarino (R$ 799)
Adega Compressor Dual Zone para 33 Garrafas, da Spicy (R$ 2.690)
Adega para 12 garrafas Oster prata, na Etna (R$ 899,90)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação