Revista

Astrologia como autoconhecimento

Conhecimento milenar pode ser usado para entender a personalidade e a relação com diferentes áreas da vida, como mostra o astrólogo André Mantovanni em novo livro

Adriana Izel
postado em 21/07/2020 10:17
André Mantovanni compartilha, em livro, o conhecimento básico sobre astrologia
A astrologia é um conhecimento um tanto polêmico. Há quem resista à sabedoria milenar que tem o estudo baseado nos astros e nas posições deles a partir do período estabelecido para análise, mas há, também, quem não resista a uma olhada no horóscopo ou, ainda, quem se aprofunde consultando o mapa astral, que determina o signo, o ascendente e os locais da lua e dos planetas no momento exato do nascimento.

Nos últimos anos, com a ajuda da internet e a maior busca da sociedade por temas como autoconhecimento e propósito, a astrologia ganha mais espaço e tem sido vista como uma ferramenta importante para que cada pessoa entenda mais sobre a personalidade, a relação com as diferentes áreas da vida (casa, trabalho, relacionamento) e quais são os temas do cotidiano.

;A astrologia sempre foi, há mais de 6 mil anos, uma arte que esteve em busca de respostas e de maior sentido para a humanidade. Mas acredito que a sua popularização contribuiu muito para ampliar a consciência das pessoas de que a astrologia é muito mais do que saber a previsão do dia para seu signo;, analisa André Mantovanni, astrólogo, tarólogo e escritor.

A relação entre astrologia e autoconhecimento é o que Mantovanni aborda no livro lançado, neste ano, Os astros guiam o seu destino ; Astrologia prática para descobrir o propósito da sua vida. ;Quando estudamos com mais profundidade o nosso mapa astral, compreendemos que nascemos com potenciais a serem desenvolvidos, acordos interiores e desafios, que nos pedem superação e aprendizado. Nesse contexto, a astrologia pode ser muito útil para nosso autoconhecimento e vislumbrar o nosso destino. Pode dar conta daquelas perguntas que sempre existiram: ;quem sou eu?;, ;qual meu propósito?;, ;por que sofro em determinadas áreas da minha vida?;, entre outras questões do ser;, explica.

Nas quase 300 páginas, o astrólogo entrega um manual, com uma linguagem simples e para iniciantes, sobre a importância de se saber mais do que apenas o signo para entender as características pessoais e a relação com determinadas situações da vida. A obra é dividida em nove capítulos, que dão um breve panorama da história da astrologia, explicam o que é o mapa astral e se aprofundam nos signos, planetas, casas astrológicas, entre outros aspectos abordados no estudo dos astros.

Pandemia
Para o astrólogo, o período da pandemia tem sido um momento de valorização do conhecimento e de uma maior busca pela astrologia. ;Como a astrologia nos direciona muito bem sobre essas questões que estamos vivendo, creio que há, sim, uma maior valorização para escutar, ler, prestar atenção nas mensagens do céu;, comenta.

Questionado pelo Correio sobre o que os astros revelam sobre o período, ele, primeiramente, explica que a pandemia teve início numa conjunção rara de três planetas: Plutão, Saturno e Júpiter, que são relacionados à mudança, isso tudo num ano regido pelo Sol, o que significa a chegada de uma nova consciência.

;Plutão traz à tona a mudança, as mortes, as rupturas e a descida aos infernos interiores. Além de revelar as sombras de todos nós, ele purifica, depois de expurgar o mal. Saturno é o senhor do tempo e da responsabilidade, um mestre de lições difíceis e que exige disciplina. Ele ainda nos coloca em contato com a realidade nua e crua, mostrando nossa parcela de culpa, exigindo maturidade e crescimento. Júpiter é um planeta que, ao tocar nossas vidas, expande tudo, multiplica e nos dá o princípio da fé. Com esses três planetas fazendo um movimento raro, podemos compreender esse momento todo desde o final de 2019;, explica.

Fora tudo isso, Mantovanni diz que estamos entrando num processo de mudança de eras astrológicas, no qual Aquário está mexendo com a coletividade, os avanços tecnológicos e virtuais, além da consciência de que todos somos um, e cada pessoa, com suas escolhas e atitudes, afeta o todo. ;Ainda teremos trânsitos difíceis no céu pelos próximos meses e, portanto, o aprendizado mundial não acabou, mas trata-se de uma transformação que, apesar de dolorosa, resultará em saldos muito positivos ao longo dos próximos dois a três anos. Os processos são lentos, porque pedem mudanças profundas e estruturais. As velhas formas de estar e viver no mundo não servirão mais;, completa.





Os astros guiam o seu destino ; Astrologia prática para descobrir o propósito da sua vida
Autor: André Mantovanni
Editora Pensamento, 296 páginas
Preço médio: R$ 64,90 (físico) e R$ 50 (e-book)




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação