Superesportes

Bolívia recebe o Uruguai para se aproximar da briga por vaga na Copa 2010

;

postado em 13/10/2008 20:44
Após bater o Peru no final de semana, a Bolívia tenta mais um resultado positivo em sua briga para se aproximar dos primeiros colocados nas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010. Com oito pontos e na oitava colocação, os bolivianos recebem o Uruguai, nesta terça-feira, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Hernando Siles, em La Paz. A Celeste, que vem de derrota para a Argentina, é a quinta colocada com 12 pontos.

Do lado da Bolívia, a ordem é manter os pés no chão apesar do bom resultado diante dos peruanos. O técnico Erwin Sánchez prega o respeito ao adversário desta terça-feira e ressalta a garra uruguaia. ;Sabemos que o futebol uruguaio é muito duro, que em cada bola eles chegam com tudo e vimos isso contra a Argentina. Mas temos as nossas virtudes e vamos procurar colocá-las em prática;, comentou o treinador.

Satisfeito com a atuação de sua equipe no sábado, o técnico Erwin Sánchez não deverá mexer na Bolívia, apesar de Ignacio García ter cumprido suspensão e estar à disposição para o confronto. No Uruguai, todos reconhecem que a reabilitação não será fácil, principalmente pelo fato de a seleção ter que encarar a altitude de La Paz, onde os bolivianos costumam levar vantagem sobre seus adversários.

;Sabemos que não será fácil, mas apesar das dificuldades, vamos em busca dos pontos que se tornaram indispensáveis;, afirmou o zagueiro Lugano, ex-São Paulo. A Celeste tem muitos desfalques, já que estão suspensos quatro jogadores: O zagueiro Godín, o volante Egúren, o meia Pérez e o atacante Suárez. Além disso, o atacante Chevanton se machucou e foi vetado pelos médicos.

FICHA TÉCNICA - BOLÍVIA X URUGUAI

Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data: 14 de outubro de 2008, terça-feira
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Héctor Baldassi (Argentina)
Assistentes: Ricardo Casas e Francisco Rocchio (ambos da Argentina)

BOLÍVIA: Arias; Vargas, Robles, Raldes e Reyes; Flores, Ronald García, Vaca e Rivero; Botero e Marcelo Moreno.
Técnico: Erwin Sánchez

URUGUAI:
Castillo; Fucile (Pereira), Diego Lugano, Andrés Scotti e Cáceres; Gargano, Arismendi, González e Christian Rodríguez; Carlos Bueno e Edinson Cavani.
Técnico: Oscar Tabárez

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação