Superesportes

Técnico acusa árbitro de roubar escancaradamente em jogo do Gauchão

;

postado em 29/01/2009 13:26
Três jogos e um ponto conquistado. Esse é o retrospecto do Avenida no Campeonato Gaúcho até o momento. Na quarta-feira (28/01) a equipe foi derrotada pelo Ypiranga por 4 a 2, em Erechim. Após a segunda derrota em três partidas, o técnico Nestor Simeonato, que já comandou o Grêmio, fez duras críticas à arbitragem de Francisco Silva Neto. "É lamentável, triste ver o que fez o Francisco Silva Neto. Às vezes tenho vontade de abandonar o futebol quando vejo essas coisas lamentáveis, tendenciosas. Foi um roubo escancarado o que ele fez com o Avenida", esbravejou o treinador. Os adjetivos não pararam por aí. "Fiquei quatro anos fora do Estado, voltei e o Francisco Silva Neto está cada vez pior. Ele afanou o Avenida. Sei lá se ele levou algum dinheiro. Ele ria, ele debochava. Ele foi um bandido. Ele foi desonesto", complementou. A chiadeira do Avenida está relacionada a um pênalti marcado para o Ypiranga no começo do confronto. Além disso, Simeonato reclama de duas penalidades não marcadas e de um gol anulado para o seu time. O técnico foi mais adiante e levantou a possibilidade de um complô contra o seu clube.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação