Superesportes

Marcos Daniel volta a defender o Brasil na Copa Davis

postado em 13/08/2009 11:57
O Brasil já está escalado para a disputa da Copa Davis, contra o Equador. O capitão Francisco Costa optou pelo que tem de melhor no ranking da ATP para escolher Marcos Daniel, Thomaz Bellucci e os duplistas Marcelo Melo e André Sá para as partidas válidas pelos playoffs do Grupo Mundial. Os jogos acontecem no Gigantinho, em Porto Alegre, de 18 a 20 de setembro. A convocação da equipe marca a volta do gaúcho Marcos Daniel, número 57 do ranking da ATP e, atualmente, o melhor tenista do País. Depois de desentendimentos com a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) em relação aos patrocínios, ele jogará no seu Estado natal. Para tal entendimento, o gaúcho teria assinado um acordo com a CBT, concordando com a utilização do logotipo dos Correios nas mangas do seu uniforme. No confronto contra a Colômbia, no início do ano, o jogador recusou a proposta e foi substituído por Franco Ferreiro. Recentemente, ele chegou às semifinais do Torneio de Gstaad, na Suíça. E a equipe brasileira pode ficar empolgada com o atual momento de seus atletas. Bellucci, número 67 da ATP, está motivado pela ainda recente conquista do mesmo Torneio de Gstaad, o primeiro triunfo do paulista em uma competição de alto nível. No Aberto do Brasil, em fevereiro, ele foi vice-campeão, quando perdeu a final para o espanhol Tommy Robredo. Além de Daniel e Bellucci, os dois melhores tenistas de simples, Marcelo Melo é o 26.º na lista de duplas e jogará ao lado de André Sá, na 31.ª colocação do mesmo ranking. A comissão técnica brasileira ainda trabalha com outros quatro jogadores reservas. Thiago Alves, Bruno Soares, Franco Ferreiro e Marcelo Demoliner podem ganhar uma chance, caso algum titular se machuque. O confronto em casa é uma oportunidade para levar o País novamente a disputa do Grupo Mundial, depois de seis anos de ausência. O Brasil lidera o retrospecto do confronto por 4 x 2. O último encontro com o Equador foi em 2006.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação