Publicidade

Correio Braziliense CULTURA

Cooperação entre MCT e Minc colocará acervo da Cinemateca na internet


postado em 21/06/2009 11:45 / atualizado em 21/06/2009 00:29

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e o Ministério da Cultura (MinC) assinaram termo de cooperação que investirá 30 milhões de reais no Banco de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros. O projeto contempla um arquivo audiovisual que oferecerá, gratuitamente, filmes e programas de TV históricos brasileiros pela internet. O projeto contará com conteúdo tanto da Cinemateca Brasileira como do Centro Técnico Audiovisual. A transmissão poderá aproveitar a estrutura da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O acervo da Cinemateca conta com cerca de 200 mil rolos de filmes de 35 milímetros ou 16 milímetros que misturam tanto filmes brasileiros e estrangeiros, com ou sem som, com programas de TV. Filmes de cineastas como José Mojica Marins, Hector Babenco, Ugo Lombardi, Luiz de Barros e Watson Macedo constam no catálogo, além de programas de auditório e jornalísticos da TV Tupi, já em processo de recuperação. A filmografia de Glauber Rocha vem sendo restaurada pela Cinemateca. Segundo a Cinemateca, o conteúdo estará disponível gratuitamente online para usos comunitários, educacionais, pesquisas, exibição e remix, com a criação de outros conteúdos baseados nos filmes e programas veiculados. Atualmente, a parceria discute que tipo de licença será adotada para que o banco de dados permita a exibição e remixagem dos conteúdos publicados online.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade