Publicidade

Estado de Minas

Sites de jogos aprimoram capacidades do cérebro


postado em 19/07/2011 10:48

Um dos jogos do site Cérebro Melhor ajuda a trabalhar a percepção(foto: Cerebromelhor/Divulgação)
Um dos jogos do site Cérebro Melhor ajuda a trabalhar a percepção (foto: Cerebromelhor/Divulgação)
Pesquisa da revista norte-americana Science revelou que a internet caminha para virar a primeira fonte de um tipo conhecimento bem específico: aquele que buscamos em especialistas, sobre determinado assunto. No caso, o expert do momento na web é o gigante de buscas Google, que acostumou mal os internautas a fazerem pesquisas a todo momento, sobre qualquer assunto. Há, até, quem ironize nas redes sociais com a repetida frase “Quer saber quem sou? Procure no Google”.

Mas, ao mesmo tempo que a web cria o ambiente perfeito para a preguiça mental, começam a surgir sites que se propõem a melhorar a performance do cérebro. O Lumosity, por exemplo, oferece diversos jogos específicos para malhar a cachola e trabalhar rapidez, memória, solução de problemas e atenção. Há diversas opções, como jogos para fazer cálculos matemáticos mais divertidos, como memorizar os clientes e os respectivos pedidos em uma lanchonete.

Para jogar, o usuário precisa se cadastrar e responder um questionário gratuito que irá informar o que deve ser aprimorado para ter um melhor funcionamento do cérebro. Em seguida, o site sugere uma bateria de jogos voltada para o treinamento do que eles entendem ser deficiências. Para melhor aproveitamento das atividades, o Lumosity recomenda jogar todos os dias.

Exemplos brasileiros
Não ipomtra em qaul odrem as lteras de uma plravaa etãso, o iprotmatne é que a piremria e útmlia lteras etejasm no lgaur crteo. Viu como o cérebro conseguiu ler a frase anterior sem estar com as letras no lugar correto? Esse é um dos exercícios para malhar a mente que o internauta pode encontrar em sites brasileiros. O Cérebro Melhor, por exemplo, tem um programa personalizado e progressivo de exercícios para melhorar as capacidades cognitivas.

Memória, linguagem e raciocínio lógico são trabalhados por meio de testes e jogos on-line, baseados em pesquisas científicas. O portal tem uma parceria da GAP Serviços de Informações com a Scientific Brain Training (SBT), da França, e recebe apoio da professora Suzana Herculano-Houzel, neurocientista.

Segundo o sócio-fundador do Cérebro Melhor Luiz Moraes, o treinamento cerebral de forma contínua é de suma importância para o desenvolvimento cognitivo. “A engenharia cognitiva é boa para o indivíduo, independentemente de estar na carreira profissional. Além disso, cuidar do cérebro ajuda a ter uma longevidade saudável”, diz Moraes.

O cadastro é gratuito e a primeira semana também é de graça. Depois desse período, a assinatura mensal é a partir de R$ 18. O Banco de Saúde e o Academia do Cérebro também oferecem exercícios mentais. Jogos de memória, problemas matemáticos e artigos sobre o tema estão disponíveis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade