Publicidade

Estado de Minas

Confira a história do marca- passo em uma linha do tempo


postado em 19/09/2011 08:00

 

* 1930: é criado o primeiro marca-passo, alimentada por um sistema magnético movido a manivela.

* 1958: Arne H.W. Larsson recebe o primeiro marca-passo totalmente implantável do mundo. A cirurgia aconteceu em Estocolmo, Suécia.

* 1962: Produção dos primeiros eletrodos de marca-passo endocárdicos permanentes — que passam através de uma veia do paciente até o coração. Isso reduziu o risco do procedimento de implantação do marca-passo.

*1973: Lançamento do primeiro marca-passo recarregável comercial. Com a capacidade de recarregar a bateria, a vida útil do marca-passo passou de um ano e meio para 20 anos.

*1978: Lançamento do primeiro marca-passo de chip único. Este avanço reduziu bastante o tamanho do aparelho e melhorou sua confiabilidade.

* 1979: Surge o primeiro marca-passo a usar telemetria bidirecional — que transmite dados do aparelho implantado para o computador do médico e vice-versa. Essa tecnologia permitiu que os médicos reprogramassem o aparelho de maneira não invasiva.

* 1981: É lançado o primeiro marca-passo baseado em microprocessador. O uso de microprocessadores melhorou a capacidade de um médico de ajustar as configurações do marca-passo e obter informação diagnóstica.

* 1989: Lançamento, nos Estados Unidos, do primeiro marca-passo de câmara dupla com modulação de frequência. Esse aparelho permite estimular tanto o átrio do coração quanto o ventrículo, imitando de maneira mais semelhante o ritmo natural do coração. No caso da modulação de frequência, essa tecnologia permitiu que o marca-passo notasse mudanças na atividade de uma pessoa através do movimento corporal, freqüência de respiração ou temperatura e então ajustasse a freqüência cardíaca de acordo com estes parâmetros.

* 1993: A Administração norte-americana de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês), aprova o cardioversor desfibrilador implantável (CDI) Cadence com marca-passo associado. Antes, os pacientes que precisavam do CDI e do marca-passo precisavam usar os dois aparelhos separadamente.


* 1995: O menor marca-passo do mundo, Microny, é lançado para ser usado por crianças. Tem o tamanho aproximado de uma moeda de R$1. No mesmo ano é lançada a tecnologia de autocaptura (Autocapture), que permite que os marca-passos sejam monitorados constantemente e ajustem automaticamente a quantidade de energia necessária para a estimulação.

* 2001: Morre Arne Larsson, o paciente que recebeu o primeiro marca-passo do mundo.

* 2003: A FDA aprova o primeiro sistema de monitoramento remoto de pacientes para aparelhos cardíacos implantáveis capazes de descarregar e armazenar dados. A emissão de dados é feita por um transmissor conectado a uma linha telefônica. Isso permite que o médico monitore as informações do coração do paciente em tempo real.

* 2009: Lançamento do primeiro marca-passo com telemetria por radiofrequência. Isso permite uma comunicação sem fio segura entre o dispositivo implantado e o programador utilizado pelo medico ou monitor residencial.


Fontes: Empresa de tecnologia St. Jude Medical Brasil e cardiologista José Carlos Pachón Mateos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade