Publicidade

Estado de Minas

Aplicativos e sites de relacionamento são febre entre os buscam um parceiro

Saiba as vantagens e os perigos que essas ferramentas amorosas podem trazer


postado em 10/12/2013 11:50

(foto: Maurenilson/CB/D.A Press)
(foto: Maurenilson/CB/D.A Press)

Chega o tempo das festas de fim de ano e é hora de visitar a família. Entre uma coxa de peru e uma fatia de panetone, provavelmente você escutará daquele tio engraçadinho: “E as namoradas?”. Ou aquela prima distante, que ao lhe ver falando sobre os planos para o próximo ano, faz questão de comentar: “Ah, que tal desejar um rapaz bem bacana? Daqui a pouco, vai ficar para titia!”

Se depender das novas tecnologias, essas perguntas, muitas vezes constrangedoras, podem ser evitadas facilmente. Redes sociais e aplicativos voltados para relacionamentos têm se tornado cada vez mais fortes e presentes, principalmente entre os jovens.

Leia mais notícias em Tecnologia

As opções são diversas. Há redes específicas para relacionamentos de acordo com o local, a idade, a orientação sexual e até mesmo para interessados em visitas íntimas em presídios. Além disso, aplicativos voltados para encontrar ou avaliar possíveis pretendentes, como Tinder e Badoo, nunca estiveram tão presentes em smartphones e rodas de conversa.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade