Publicidade

Estado de Minas

"123456" é a senha mais comum do mundo pelo quarto ano seguido, diz estudo

Sequências numéricas e nomes de esportes aparecem como destaque na lista das piores palavras de segurança


postado em 20/01/2015 15:30 / atualizado em 20/01/2015 15:52

(foto: Internet/Reprodução)
(foto: Internet/Reprodução)


Escolher uma senha porque ela é fácil de digitar nunca é uma boa ideia. E isso foi comprovado pela pesquisa anual da SplashData, empresa especializada em palavras de segurança na internet, que publicou uma lista com as 10 piores senhas para se usar. Em primeiro lugar, ficou a sequência “123456” pelo quarto ano consecutivo.

O estudo analisou 3,3 milhões de senhas vazadas na internet durante 2014 para montar o ranking. Ainda na lista aparecem a palavra password (“senha”, em inglês), em segundo lugar, várias sequências numéricas simples e também nomes de esportes populares, como football. Das senhas analisadas, a maior parte vinha da América do Norte e da Europa Ocidental.

Pela primeira vez desde que começou a realizar o estudo, em 2011, a empresa fez parceria com o especialista em segurança on-line Mark Burnett. Segundo ele, a pesquisa teve um lado positivo. “A boa notícia é que, aparentemente, mais pessoas estão fugindo dessas senhas. Em 2014, as 25 mais usadas representaram cerca 2,2% das senhas expostas”, comenta Burnett. “Ainda que seja um número assustador, é a menor porcentagem de pessoas usando as palavras de segurança mais comuns que vi em estudos recentes.”

A SplashData aproveitou para relembrar dicas básicas na hora de criar senhas: não usar nomes de esportes ou de times, a data do próprio aniversário ou nomes próprios. Confira abaixo a lista das dez senhas mais comuns apontadas pela SplashData.

1 - 123456
2 - password
3 - 12345
4 - 12345678
5 - qwerty
6 - 123456789
7 - 1234
8 - baseball
9 - dragon
10 - football

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade