Publicidade

Estado de Minas

App localiza o smartphone roubado e ainda tira foto do ladrão

Aplicativo ajuda a proteger os dados e facilitar encontrar o aparelho e a identificar o bandido. Disponível nas versões gratuita e Premium apenas na Google Play


postado em 20/01/2015 17:34

(foto: Avast/Divulgação)
(foto: Avast/Divulgação)


Um dos maiores receios dos usuários é perder ou ter o smartphone roubado. Além de não poder recuperar o bem, ele ainda pode ter suas informações pessoais acessadas por quem estiver de posse do aparelho. Para ajudar a evitar este drama a empresa de software de segurança Avast! liberou o Avast Anti-Theft, para smartphones e tablets Android.

Disponível nas versões gratuita e premium (paga), ele tem como principal função localizar e rastrear o aparelho via GPS e controlar remotamente o aparelho. O Anti-Theft é um aplicativo completamente invisível quando está sendo executado, o que impede que o ladrão tome conhecimento de sua utilização.

Ele também permite tirar fotos remotamente e ouvir o áudio do ambiente onde o telefone está localizado. O app pode ser configurado para enviar uma notificação para outro dispositivo sobre uma modificação do cartão SIM. O usuário pode acionar características remotas por meio de um comando em SMS a partir do telefone de um amigo ou através do portal da empresa.

A versão premium (US$ 1,99 por mês ou US$ 14,99 por ano) oferece outros recursos, como a Geoproteção, que executa ações específicas (por exemplo, bloqueio, sinal sonoro, enviar localização), determinação de perímetro para que o app possa ser acionado se o aparelho estiver de posse de outra pessoa caso o usuário tenha perdido ou sido furtado. Um verificador de senha é disponível para que aumente a segurança da aplicação e recupere remotamente os dados, tais como o registro das chamadas realizadas, mensagens SMS e outros dados pessoais do telefone antes de limpar a memória remotamente. O Avast Anti-Theft está disponível na Google Play.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade