Publicidade

Estado de Minas

Comediante se transforma em tradutor sincero e irritado de Barack Obama

Em parceria com o Presidente dos Estados Unidos, ator faz piadas de jornalistas e políticos em evento tradicional da Casa Branca


postado em 29/04/2015 17:54

 

 

Na noite de sábado, dia 25, foi realizado em Washington o tradicional jantar para correspondentes, que contou com a participação de jornalistas, artistas e políticos norte-americanos.

Em clima descontraído, o evento também teve a participação de comediantes. Entre eles, Keegan-Michael Key atuou como Luther, o tradutor irritado, durante um dos discursos do presidente Barack Obama.

A cada frase proferida pelo chefe de estado, Key fazia um comentário "sincero" sobre o assunto. As piadas começaram voltadas para as coberturas de eventos recentes pela mídia americana, como o Ebola ou as ameaças terroristas. Segundo o artista, os canais fizeram com que o público entrasse em pânico sem necessidade.

Outros focos das brincadeiras foram outros políticos e a situação climática global que, segundo "Luther", deixaram a Califórnia tão seca a ponto de ser parecida com um trailer de Mad Max.

O vídeo da apresentação ganhou grande repercussão, principalmente nas redes sociais e foi até mesmo publicado pela página oficial da Casa Branca, chegando a mais de 33 milhões de visualizações e superou as 500 mil curtidas.

Confira o vídeo abaixo (infelizmente, não há legendas):

 

Have you met Luther, President Obama's anger translator? #WHCD #KeyAndPeele

Posted by The White House on Sábado, 25 de abril de 2015
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade