Publicidade

Estado de Minas

Nintendo apresenta jogo que traz Pokémons para o mundo real

Pokémon GO utiliza a tecnologia de realidade virtual para dar vida aos monstrinhos de bolso


postado em 10/09/2015 18:00 / atualizado em 10/09/2015 18:10

(foto: Youtube/Reprodução)
(foto: Youtube/Reprodução)

 

Quem nunca sonhou em virar um Mestre Pokémon de verdade? Pois saiba que este sonho está mais perto do que você imagina! Anunciado nesta quinta-feira (10/9) para Android e iOS, Pokémon GO utiliza tecnologias de realidade virtual para trazer os monstrinhos de bolso ao mundo real.


Parceria entre a japonesa Nintendo e a estadunidense Niantic, empresa criada por um dos fundadores do Google Earth, o jogo vai muito além das telinhas dos smartphones. O game utiliza o GPS dos dispositivos para mapear a localização precisa dos jogadores, que deverão explorar ambientes próximos para batalhar e capturar os mascotes. As competições também não ficaram de fora de Pokémon GO. Os novos aventureiros poderão lutar contra amigos em partidas on-line.

 

O video lançado pelas empresas é animador. Apesar de não mostrar o funcionamento do jogo, é possível confirmar a presença de Pokémons, como Charizard, Snorlax, Caterpie e o famoso Pikachu. Mewtwoo, um dos personagens lendários, também estará presente.



Junichi Masuda, diretor de games da série Pokémon está contribuindo diretamente com o projeto. Uma nota divulgada pela The Pokémon Company revela que o executivo está pesquisando maneiras de proporcionar experiências únicas. Pokémon GO será lançado, oficialmente, em 2016.

 

Pokemon GO Plus

Para proporcionar aos jogadores a possibilidade de continuarem jogando, mesmo com o celular no bolso, a Nintendo desenvolveu o Pokémon GO Plus. O dispositivo, que utiliza a conexão Bluetooth dos aparelhos, é uma espécie de relógio inteligente que vibra e pisca toda vez que detecta a proximidade de um dos monstrinhos virtuais.


(foto: Youtube/Reprodução)
(foto: Youtube/Reprodução)

 

Com informações de Álef Calado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade