Publicidade

Estado de Minas

Mais pessoas morreram após selfies do que em ataque de tubarão, diz estudo

Quatro das mortes provocadas pelas selfies foram causadas por quedas


postado em 22/09/2015 15:50 / atualizado em 22/09/2015 15:59

(foto: AFP PHOTO / VANO SHLAMOV )
(foto: AFP PHOTO / VANO SHLAMOV )


Um levantamento feito pelo site Mashable e divulgado nesta quarta-feira (22/9) mostra que mais pessoas morreram este ano tirando uma selfie do que em ataques feitos por tubarão. Segundo a pesquisa, foram 12 mortes decorrentes dos autorretratos contra oito das causadas pelos donos do mar.

Quatro das mortes provocadas pelas selfies foram causadas por quedas. A última, segundo a pesquisa, foi em 18 de setembro, quando um turista caiu das escadas do Taj Mahal, na Índia, tentando encontrar uma boa pose para o retrato. A segunda maior causa é de pessoas que foram machucadas por trens, seja porque eles tentavam tirar fotos dos vagões, seja porque os locais escolhidos nesse meio de transporte eram perigosos.

Na Rússia, o Ministério do Interior começou uma campanha para alertar os usuário sobre os perigos de tirar uma selfie em situações perigosas. Por lá, duas pessoas morreram após fazerem um autorretrato puxando o pino de uma granada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade