Publicidade

Estado de Minas

Cabine 360 graus permite que passageiros acabem com o tédio em voos longos

O Skydeck tem capacidade para duas pessoas e custa entre US$ 8 milhões e US$ 25 milhões


postado em 11/12/2015 21:20 / atualizado em 15/12/2015 12:33

(foto: Windspeed Tech)
(foto: Windspeed Tech)
 

 

Uma tecnologia criada por uma empresa norte-americana permitará que passageiros viagem em cabines de vidro acopladas na parte superior do avião. Com vista de 360 graus da viagem, o SkyDeck foi inventado "para acabar com o tédio dos voos longos".  Dependendo do tipo da aeronave onde estaria instalado, o SkyDeck custa a “pechincha” de US$ 8 milhões a US$ 25 milhões.

Há duas opções para chegar até o SkyDeck: uma escadaria que leva direto “à bolha” ou um tubo de elevador futurista. Produzida com materiais resistente semelhantes aos usados em caças supersônicos, a nova atração não interferirá no voo, mas afetará o consumo de combustível por causa do peso a mais, informou a empresa.

O conceito de Windspeed Tech tem recebido atenção desde novembro, quando fez uma aparição na National Business Aviation Association, conferência que discute as novidades do setor.

 

Conheça mais sobre o SkyDeck:

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade