Publicidade

Estado de Minas

Internautas ironizam "convocação" feita por página de apoio a militares

Página pedia que usuários comentassem com nome de guerra; usuários do Facebook não perdoaram e relembraram diversos memes que fizeram sucesso nas redes sociais


postado em 14/03/2016 17:25 / atualizado em 14/03/2016 17:25

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
 

 

Uma página do Facebook batizada de Militares e Reservistas do Exército Brasileiro, cujo intuito – segundo a própria descrição – é “homenagear todos os militares da ativa e da reserva” decidiu fazer uma convocação. Ao postar uma foto de um uniforme militar acompanhado do texto “se for preciso a gente veste outra vez” (em uma possível referência a uma nova tomada do poder pelo exército), a página convidou seus seguidores a comentarem com o nome de guerra.

Os administradores do espaço virtual só esqueceram de um detalhe: a internet não perdoa. Rapidamente, os internautas distorceram a proposta original e passaram a postar comentários com referências a vários memes que fizeram sucesso nas redes sociais.



A maior parte dos comentários lembrava o nome de “Lohane Vekanandre Stephany Smith Bueno de Hahaha de Raio Laser Bala de Ice Kiss”. Houve também quem apelasse para as famosas correntes do Orkut: “Meu nome é Samara, tenho 14 anos (Teria se estivesse viva), morri aos 13 em Cascavel-PR [...] Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença”, ironizava um dos comentários.

Não faltou espaço, é claro, para as divas pop. Britney Spears, Kim Kardashian, Rihanna e até Inês Brasil foram lembradas. Nem mesmo a família real brasileira escapou das brincadeiras. “Dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bourbon Bragança e Orléans, Princesa Imperial e Regente do Império do Brasil. Porém podem me chamar de Princesa Isabel, a Redentora”, comentou um internauta.

Vários comentários foram acompanhados por fotos cômicas. Poucas respostas, no entanto, atendiam ao pedido original da página. Às 17h desta segunda-feira (14), a publicação contava com 10 mil reações, 3,5 mil compartilhamentos e mais de 5 mil comentários.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade