Publicidade

Correio Braziliense

Analytica encerra atividade após controvérsia sobre dados do Facebook

Segundo fontes, a companhia decidiu fechar as portas porque estava perdendo clientes e enfrentando custos legais crescentes na investigação relacionada ao Facebook


postado em 02/05/2018 18:03

(foto: Daniel Leal - Olivas / AFP )
(foto: Daniel Leal - Olivas / AFP )
A Cambridge Analytica, empresa de dados que trabalhou para a campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em 2016, está encerrando suas atividades em decorrência do escândalo envolvendo mau uso de dados do Facebook.

Segundo fontes, a companhia decidiu fechar as portas porque estava perdendo clientes e enfrentando custos legais crescentes na investigação relacionada ao Facebook. O encerramento das atividades ocorre nesta quarta-feira, 02. Nigel Oakes, fundador do SCL Group, a afiliada britânica da Cambridge Analytica, confirmou que ambas as empresas estavam fechando.

Em março, a empresa suspendeu seu CEO, Alexander Nix, e afirmou que estava lançando uma investigação independente para determinar se a companhia havia se envolvido em algum malfeito nos seus trabalhos em campanhas políticas. Na ocasião, foi divulgado um vídeo que mostra Nix falando sobre táticas de campanha como armadilhas para adversários políticos envolvendo propinas e sexo. A suspensão de Nix também veio após relatos de que a empresa usou impropriamente os dados de milhões de perfis do Facebook sem autorização.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade