Publicidade

Correio Braziliense

Grupo Honda cogita interromper a produção do robô Asimo

Empresa avisa que deve seguir desenvolvendo robôs de forma humana, mas é possível que o nome Asimo deixe de ser utilizado


postado em 28/06/2018 07:52

Tóquio, Japão - O grupo Honda poderia deixar de produzir o robô Asimo, informou  o porta-voz da empresa. "Vamos seguir desenvolvendo robôs de forma humana, mas é possível que o nome Asimo deixe de ser utilizado", afirmou Hajime Kaneko.

"A equipe de desenvolvimento de robôs humanoides continua existindo", completou, desmentindo a informação do canal de televisão público NHK de que o Asimo teria sido definitivamente abandonado.

A Honda começou a desenvolver pernas robóticas em meados dos anos 1980 e o primeiro Asimo, um robô do tamanho de uma criança de 6 ou 7 anos, foi apresentado no ano 2000. Desde então a máquina teve seis descendentes.

O último modelo, de 2011, é capaz de caminhar em um terreno acidentado, correr, pular em apenas uma perna, utilizar as duas mãos para beber de um copo ou compreender três pessoas que falam ao mesmo tempo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade