Publicidade

Correio Braziliense

Com inteligência artificial, Instagram reforça luta contra assédio

Uma tecnologia de aprendizagem automática será usada para detectar qualquer elemento de assédio


postado em 10/10/2018 07:45

(foto: Josh Edelson/AFP)
(foto: Josh Edelson/AFP)

 
San Francisco, Estados Unidos - O Instagram, um aplicativo do Facebook para compartilhar fotos, acrescentou nessa terça-feira (9/10) funções para combater o assédio, valendo-se da inteligência artificial para escanear fotografias e identificar conteúdos problemáticos.  

Uma tecnologia de aprendizagem automática será usada para detectar qualquer elemento de assédio e assinalar o conteúdo, que depois será analisado por uma equipe encarregada das operações da rede social, relatou o diretor do Instagram, Adam Mosseri.

"Esta evolução vai nos ajudar a identificar e retirar um número muito mais alto de publicações que representam o assédio", disse na Internet. "É uma etapa suplementar fundamental, pois muitas pessoas vítimas de assédio, ou que assistem a assédios, não o divulgam".

A implementação desta função será progressiva e se estenderá ao conjunto da rede nas próximas semanas. 

Um filtro que permite aos usuários do Instagram localizar e ocultar comentários considerados como assédio foi acrescentado aos comentários dos vídeos divulgados ao vivo, explicou Mosseri.

"O assédio na Internet é complexo, e sabemos que temos que fazer mais para restringi-lo e divulgar a bondade no Instagram", assinalou Mosseri.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade