Publicidade

Estado de Minas

Bonifácio, na Córsega: cidade francesa com jeitão italiano


postado em 10/08/2011 10:26 / atualizado em 11/08/2011 16:07

Na chegada a Bonifácio, observa-se o quanto o porto é movimentado(foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )
Na chegada a Bonifácio, observa-se o quanto o porto é movimentado (foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )

O sol mal começava a despontar das águas do Mar Mediterrâneo quando o capitão desligou os motores do Azamara Journey. Era o sinal de que o navio havia chegado ao primeiro destino da viagem. No topo do navio, várias pessoas admiravam uma costa repleta de falésias. Instalada no topo e nos arredores de um terreno irregular, estava a cidade de Bonifácio, na Córsega. Desde 1768, a ilha, com 250 mil habitantes, pertence à França.

O acesso é feito por meio de um porto bastante movimentado. Barcos de pequeno porte podem ser vistos por todos os lados. Ainda na parte baixa da cidade, existe uma via com lojas e restaurantes enfileirados, formando um grande corredor destinado aos turistas.

Um dos restaurantes tem o curioso nome de Kissing Pigs (algo como “porcos beijoqueiros”). A justificativa provável: porcos e javalis fazem parte do cardápio de pratos típicos da Córsega, que também recebe influências da cozinha italiana.
Na parte baixa da cidade, um restaurante com nome curioso: Kissing Pigs(foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )
Na parte baixa da cidade, um restaurante com nome curioso: Kissing Pigs (foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )
Porto de Bonifácio, na ilha de Córsega(foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )
Porto de Bonifácio, na ilha de Córsega (foto: Thiago Neres/DP/D.A. Press. )

Por três euros, você pode comprar uma passagem para um trenzinho que faz um breve city tour e o leva para a parte mais alta de Bonifácio. No caminho, percebe-se um pouco mais da arquitetura da cidade. Boa parte das casas tem aspecto envelhecido e tons claros. As ruas são absurdamente estreitas e se ramificam em ladeiras íngremes, tornando-se um desafio até para os melhores motoristas. Lá do alto, encontra-se uma bela visão panorâmica do porto de Bonifácio.

Também nessa região mais antiga fica a famosa Rue des Deux Empereurs, que ganhou esse nome em homenagem aos imperadores Charles V e Napoleão Bonaparte. Ambos ficaram hospedados em casas dessa rua, quando passaram por Bonifácio. Aliás, Napoleão nasceu na cidade de Ajaccio, também localizada na Córsega.

Outro local muito visitado leva o nome de Steps of Aragon. É uma longa escadaria com 187 degraus e 65 metros de altura. Ela vai dar numa espécie de fenda no meio de um penhasco, por onde os moradores passavam antigamente para buscar água. A travessia é cansativa e exige disposição, mas vale a pena.

Grutas
O relevo e a vegetação são grandes atrativos de Bonifácio. No porto situado na entrada da cidade, vários quiosques vendem bilhetes na faixa de 10 euros para dar uma voltinha de barco. O passeio é bom para observar de perto os penhascos da costa litorânea.

Com cerca de uma hora de duração, o trajeto percorre cenários lindos, passando por pequenas ilhas e formações rochosas na beira de praias inabitadas. O navio entra em algumas grutas. Não fique surpreso ao se deparar com muralhas de pedra protegendo uma água de cor azul-turquesa, iluminada naturalmente por pequenas aberturas.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade