Publicidade

Correio Braziliense

Prédios clássicos e casas coloridas conferem elegância a Punta Arenas

Próximo à Antártida, local é porto seguro para exploradores. Museus e cafés são algumas das atrações da cidade, que conta ainda com boas opções de hospedagem - dos hotéis luxuosos aos simples albergues


postado em 27/02/2013 10:07

Centro de Punta Arenas: ponto de partida de ônibus e de cruzeiros para glaciares da Patagônia. Local histórico oferece caminhos mais calmos que os da Antártida e encanta viajantes (foto: Renato Alves/CB/D.A Press)
Centro de Punta Arenas: ponto de partida de ônibus e de cruzeiros para glaciares da Patagônia. Local histórico oferece caminhos mais calmos que os da Antártida e encanta viajantes (foto: Renato Alves/CB/D.A Press)

Punta Arenas — As argentinas Ushuaia e El Calafate e as chilenas Puerto Natales e Punta Arenas servem de base para quem pretende conhecer a Antártida e a Patagônia. A última tem o principal aeroporto da região, por isso tornou-se um dos destinos mais escolhidos pelos turistas.

Leia mais notícias em Turismo

Banhada pelo Estreito de Magalhães, a região foi descoberta em 1520 pelo navegador português Fernão de Magalhães, o que o fez ganhar um monumento na praça central de Punta Arenas e emprestar seu sobrenome ao principal estreito da Patagônia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade